Litoral Norte: BPRaio começa a atuar em Acaraú

29 de dezembro de 2017 # # #

Caio Faheina - Repórter
Davi Pinheiro - Fotos

São novos 37 policiais, 17 veículos e uma sede fixa para o patrulhamento no município. A ação integra a proposta estadual de ampliação da segurança nos municípios acima de 50 mil habitantes

Foi na Praça do Centenário, no Centro de Acaraú, município distante cerca de 230 quilômetros de Fortaleza, que a população comemorou a chegada do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Realizada nesta sexta-feira (29), a solenidade ocorreu um dia após a formatura de mais 1.305 agentes da Polícia Militar e integra o cronograma do Governo do Ceará de ampliação da segurança nos municípios acima de 50 mil habitantes – como já aconteceu em Eusébio, Maranguape, Maracanaú e Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, e no Crato, na região do Cariri.

Na ocasião, o governador Camilo Santana explicou a efetividade do BPRaio, de combate ostensivo e rápido, devido ao uso de motocicletas. “Dá pra combater o criminoso de forma mais eficiente. Vocês vão sentir a diferença com a presença do patrulhamento”, disse. O governador antecipou, ainda, que será implantado na região um sistema de monitoramento eletrônico. “Isso vai garantir mais segurança para a população de Acaraú. É preciso trabalhar com inteligência e tecnologia”, afirmou. Obras na infraestrutura, como duplicação e recuperação de estradas no Litoral Norte, também foram citadas pelo gestor para o início de 2018.

O chefe do Executivo destacou, ainda, o protagonismo do Governo do Ceará em relação à segurança pública. “A violência virou uma epidemia no Brasil inteiro. E estamos pagando muito caro pela União não ter feito um plano de segurança. E esse enfrentamento tem sido uma realidade do nosso País. Não estou culpando, e sim chamando para o debate”, enfatizou. “Vou completar três anos de Governo e não recebi investimento da União para a área da segurança. Nós estamos fazendo a nossa parte. Nunca se contratou tantos policiais como agora”, acrescentou.

O titular da Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS), André Costa, avaliou a implantação do patrulhamento como um reflexo da manutenção dos investimentos no Estado. “Além da crise política e econômica que já vemos, com muitos estados do País sem pagar em dia, sem investir, o Governo do Ceará vem fazendo o contrário. E é isso que permite os investimentos no Estado, principalmente em segurança”, afirmou o secretário. Durante a solenidade, o efetivo realizou demonstração de técnicas de pilotagem e abordagem.

Para o município do Litoral Norte foram destinados 37 policiais do BPRaio, distribuídos em seis equipes. O grupamento terá uma base exclusiva na cidade. Além disso, 16 motos e uma viatura 4×4 foram disponibilizadas para as equipes, que será liderado por um oficial da Polícia Militar. O investimento na aquisição de veículos e equipamentos e na base exclusiva superam R$ 1,3 milhão.

Presente na cerimônia, o prefeito de Acaraú, Alexandre Gomes, reforçou a importância da população no combate à criminalidade, denunciando e ajudando o BPRaio no patrulhamento – por meio do número 190. “Estava precisando (de mais segurança) na região, que ainda não é muito crítica. Mas temos de começar antes que algo aconteça”, antecipou. O secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, também esteve presente no evento, assim como representantes da cúpula da Segurança Pública e líderes políticos.

Segurança especializada

Para assumir uma vaga nas equipes do BPRaio, o policial deve participar do Curso de Especialização de Policiamento em Motocicleta, com duração de 280 horas/aula. A especialização é direcionada para a chamada “Doutrina Raio”, preparação com foco em temas como Patrulhamento; Perseguição e Abordagem Policial; Prática de Tiro; Resolução de casos de baixa, média e alta complexidade; entre outras temáticas.

O reforço do BPRaio faz parte da segunda fase de ampliação do batalhão especializado e acontece após a instalação regionalizada de nove bases em cidades-polo do Interior. Nessa primeira fase, receberam o patrulhamento as cidades de Juazeiro do Norte (Cariri), Sobral (Sertão de Sobral), Itapipoca (Litoral Oeste), Iguatu (Centro-Sul), Crateús (Sertão de Crateús), Tauá (Sertão de Inhamuns), Quixadá (Sertão Central), Russas (Vale do Jaguaribe) e Canindé (Sertão de Canindé).

Uma nova segurança

Moradora de Aranaú, distrito a 18 quilômetros da sede de Acaraú, Jarlene Sousa percebe a presença dos novos policiais como uma melhor segurança no município. “A gente vai ouvir falar pouco sobre os ladrões, as bandidagens, as mortes. Vai ficar bem menor. Espero que eles fiquem aqui pra sempre”, dividiu a agricultora de 30 anos.

A sensação de segurança de Jarlene é a mesma do vendedor Modesto Araújo, 49. Ele, que já foi assaltado, conta que a presença do patrulhamento vai reduzir a violência na cidade. “É aquela história: o ladrão vai sentir medo com a presença do Raio, porque os policiais vão intimidar”, disse. E continuou: “A gente saía com medo. Se andasse com dinheiro no bolso, era arriscado perder, porque assaltavam. Mas agora a gente vai ter uma nova segurança”.

Saiba mais

Na Capital, a segurança também será ampliada. Nos últimos meses de outubro e novembro, foram instaladas equipes nos bairros Parangaba, Messejana e Vila Velha. Juntos, os bairros somam 104 novos policiais, dividios em 14 equipes, com 56 motos e duas viaturas 4×4 – um investimento da ordem de R$ 2,8 milhões.

Em abril de 2018, novos 202 policiais reforçarão o efetivo da capital cearense, subindo o número de agentes em atividade para 600.

 

 

Ouça

O governador Camilo Santana explicou a efetividade do BPRaio, de combate ostensivo e rápido, devido ao uso de motocicletas.

Camilo Santana destacou, ainda, o protagonismo do Governo do Ceará em relação à segurança pública.

O titular da Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS), André Costa, avaliou a implantação do patrulhamento como um reflexo da manutenção dos investimentos no Estado. Ele pediu o apoio da população ao trabalho que começa agora.