Arteterapia ajuda tratamento de pacientes com transtornos mentais

10 de Janeiro de 2018 # # # #

Milena Fernandes - Assessoria de Comunicação do Hospital de Saúde Mental

O Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto (HSM), da rede pública do Governo do Ceará, é referência no atendimento psiquiátrico. O hospital presta assistência a pacientes com transtornos mentais e dependência química. E para dar suporte ao atendimento, oferecer melhores condições de vida e reinserção à sociedade, o HSM garante aos pacientes diferentes tipos de serviços. Para os que não precisam ficar internados, há o Hospital Dia – Lugar de Vida, que funciona no HSM de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.

Atualmente, 30 pacientes são atendidos no Hospital Dia – Lugar de Vida. Em 2017, o serviço atendeu a 66. A terapeuta ocupacional Fátima de Araújo explica que os pacientes recebem quatro refeições diárias, as medicações indicadas pelos psiquiatras, atendimento psicoterapêutico, além da realização de oficinas artísticas, como confecção de artesanatos, arteterapia, pintura em tela, arte em papel e grafite. “Alguns são encaminhados para institutos parceiros onde recebem capacitação para o mercado de trabalho e podem conquistar a tão sonhada vaga de emprego”, ressalta.

Os pacientes atendidos pelo Hospital Dia – Lugar de Vida também participam da musicoterapia, uma das atividades preferidas do grupo. A psicóloga e musicoterapeuta Ré Campos desenvolve esse trabalho há 14 anos no hospital. “Uma vez por semana, eu trago cerca de trinta instrumentos e deixo cada um escolher aqueles instrumentos com o qual mais se identificam. Através do lúdico, eles conseguem se expressar e potencializar o que têm de melhor. A gente desenvolve a memória, a percepção, concentração, linguagem e expressão corporal”, afirma.

Uma das pacientes atendidas pelo Hospital Dia – Lugar de Vida é a psicóloga F. L, que chegou com uma depressão forte. “Depois de alguns dias vindo para cá, recebendo esse apoio, me sinto melhor. Eu achava que nada teria sentido pra mim, que nada mais daria certo na minha vida. Agora estou começando a ficar mais confiante. O acolhimento que recebemos aqui é tão importante! Aconselho que quem estiver numa situação como eu estava, muito deprimida, encontre forças e venha”, declara.

Atendimentos

Em média, mais de 3 mil pacientes são atendidos por mês no Hospital de Saúde Mental Professor Frota Pinto. Integrante da rede hospitalar do Sistema Único de Saúde (SUS), o HSM dispõe de dois hospitais-dia, com sessenta leitos distribuídos no atendimento a psicóticos e dependentes químicos, um núcleo de atenção à infância e adolescência, uma unidade de desintoxicação (álcool e outras drogas), com 20 leitos masculinos, e quatro unidades de internação, duas masculinas e duas femininas, com quarenta leitos cada. Os pacientes do HSM têm atendimento gratuito em clínica psiquiátrica e reabilitação biopsicossocial multidisciplinar. O hospital é ainda campo de estudo, pesquisa e formação para profissionais da área de saúde mental.

Em 2017, o Hospital de Saúde Mental realizou 20.296 atendimentos ambulatoriais, 18,20% a mais que o ano anterior, quando foram 17.172. E os atendimentos realizados na emergência também aumentaram. Foram 15% a mais em 2017, comparando a 2016. No ano passado, o HSM atendeu a 20.688 pacientes na emergência e, em 2016, foram 17.993. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria, os transtornos mentais são a segunda causa dos atendimentos de urgência e cerca de 20% dos adultos tendem a sofrer de algum tipo de transtorno mental em algum momento da vida.