Sesporte e SSPDS realizam II reunião com as Torcidas Organizadas

11 de Maio de 2018 # # #

Rebeca Lobo - Ascom / Sesporte

A ideia é reforçar a intenção de proximidades com os torcedores, bem como encaminhar o plano de setorização

Com intuito de melhorar o ambiente do futebol cearense na maior praça esportiva do Estado – Arena Castelão, a Secretaria do Esporte do Ceará (Sesporte) em parceria com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) realizaram nesta quinta-feira (10), a II reunião com membros das Torcidas Organizadas.

O encontro, no Auditório Blanchard Girão, teve como pauta reforçar a intenção de proximidades com os torcedores, bem como encaminhar o plano de setorização das torcidas que prestigiam as partidas no estádio, a instalação do sistema de biometria facial, os bolsões de mobilidade e outros assuntos.

Representando o titular da pasta, Euler Barbosa, a secretária executiva, Kátia Ferraz enfatizou a construção de soluções e protagonismo das torcidas. “A ideia é que a partir desse debate possamos tratar e avançar essa metodologia a fim de serem objetivadas. É importante darmos um start a todo esse processo e as torcidas realizem um grande espetáculo nos jogos”, destaca.

O espaço específico para os torcedores será mais eficiente para os órgãos oficias de segurança do Estado organizarem o plano de ação em dias de grandes jogos.

“Não iremos impor nenhum modelo existente. O que nós queremos é construir uma solução com os representantes das torcidas organizadas e customizá-las de acordo com as nossas necessidades. Portanto, desejamos que esses pormenores sejam ajustados por todos os envolvidos, facilitando o controle e o planejamento das ações da polícia para cada jogo”, ressalta o secretário de Segurança Pública, André Costa.

O coordenador Especial de Políticas Públicas e Juventude, David Barros, foi enfático quanto à forma de prevenção de conflitos. “O Governo do Estado, pela orientação do governador Camilo Santana, juntamente com os secretários do Esporte e da Segurança, atuem para consolidar esse movimento, passando para a população que é sim seguro e pacífico vir a um jogo de futebol no Ceará. Além disso, na próxima reunião pretendemos ter uma proposta compactuada entre as torcidas organizadas, clubes e poder público para que possamos inaugurar essas particularidades o mais rápido possível com pertencimento e identidade, e que isso nos ajude também a prevenir possíveis conflitos”, pontua.

No próximo dia 19 de maio será realizado, no Auditório Blanchard Girão, o Seminário Estadual de Torcidas Organizadas, que contará com a presença dos representantes da capital e também do interior para discutir a política como um todo.

Estiveram durante a ocasião o comandante geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), coronel Ronaldo Viana; o comandante da PMCE, coronel Fernando Albano, tenete-coronel da PMCE, Farias; tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará (CBMCE), Marcos Gomes; o membro da Associação Nacional das Torcidas Organizadas do Brasil (ANATORG), Régis Alves e representantes da Luarenas.