Acesso Rápido

Do que você precisa?

Telefones Úteis

Home Sala de Imprensa Notícias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Fórum avalia implantação da Rede Cegonha no Ceará PDF Imprimir
Qua, 06 de Março de 2013 18:06

A Secretaria da Saúde do Estado promove nesta quinta-feira (7), o II Fórum Estadual da Rede Cegonha, reunindo gestores e técnicos da Sesa e dos municípios, coordenadores das regionais de saúde, representantes de entidades de pediatria e obstetrícia e do movimento de mulheres, Ministério Público e universidades, para discutir novas propostas para organização da rede de atenção integral e humanizada à saúde da mulher e do recém-nascido. Em 2012, primeira fase de implantação da Rede Cegonha, o total de recursos repassados pelo Ministério da Saúde Ceará foi de R$ 50 milhões e 685 mil. Os participantes do Fórum, que será realizado no auditório Waldir Arcoverde, na Sesa, Avenida Almirante Barroso, 600, Praia de Iracema, das 8 horas às 17 horas, vão avaliar a implantação da Rede Cegonha nos municípios e regiões do Estado e propor medidas e estratégias para a redução da mortalidade materna, neonatal e infantil. A implantação integral da Rede Cegonha está prevista até final de 2014.   

 

A Rede Cegonha é um programa lançado pelo Ministério da Saúde para promover atendimento de qualidade a todas as brasileiras pelo Sistema Único de Saúde (SUS), desde a confirmação da gestação até os dois primeiros anos de vida da criança. Mulheres, recém-nascidos e crianças têm direito a ampliação do acesso, acolhimento e melhoria da qualidade do pré-natal; transporte tanto para o pré-natal quanto para o parto; vinculação da gestante à unidade de referência para assistência ao parto; realização de parto e nascimento seguros, através de boas práticas de atenção; acompanhante no parto, de livre escolha da gestante; atenção à saúde da criança de 0 a 24 meses com qualidade e resolutividade; e acesso ao planejamento reprodutivo. É uma Rede de cuidados que assegura às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo, à atenção humanizada à gravidez, parto e puerpério e, às crianças, o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.

 

No Ceará, os serviços estão integrados em17 Redes Cegonha em 23 regiões. Na totalidade da rede Cegonha, são 27 Centros de Parto Normal, 22 casas da sestante, bebê e puérpera, criação de 263 leitos de gestação de alto risco, 70 leitos de UTI adulto tipo II, 176 leitos de UTI neonatal tipo II, 321 leitos de UCI neonatal e 135 leitos de UCI Canguru. Também inclui a qualificação de 203 leitos de gestação de alto risco; 96 leitos de UTI adulto tipo II; 117 leitos de UTI neonatal tipo II e 156 leitos de UCI neonatal. Esses serviços estão previstos nos Planos de Ação da Rede Cegonha para as Regiões de Saúde do Ceará, aprovados por deliberação da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

 


06.03.2013


Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira/ Marcus Sá
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. / 85 3101.5220/ 3101.5221 / 8733.8213
Twitter: @SaudeCeara
Facebook: www.facebook.com/saudeceara

 

Serviços

Calendário

Dezembro 2014
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31

Governo do Estado do Ceará - Palácio da Abolição - Av. Barão de Studart, 505 - Meireles, Fortaleza - Ce - CEP: 60.120-013 - Ver localização no mapa
Fone: (85) 3466.4000

© 2014 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.