Acesso Rápido

Do que você precisa?

Telefones Úteis

Home Sala de Imprensa Notícias
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Governo do Ceará firma Termo de Cooperação Técnica com Banco do Brasil e Fiec PDF Imprimir
Qui, 20 de Abril de 2017 17:56

170420 BANCO DO BRASIL ESTADO MG 1983 WEB
O Banco do Brasil vai atuar como agente nos investimentos de empresas amparadas pelos programas de incentivo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) e suas vinculadas

O governador Camilo Santana assinou nesta quinta-feira (20), no Palácio da Abolição, o Termo de Cooperação Técnica entre o Governo do Ceará, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e o Banco do Brasil. São R$ 6,6 bilhões de crédito para indústrias, beneficiando empresas que irão se instalar ou ampliar instalações no Estado.

170420 BANCO DO BRASIL ESTADO MG 1859 WEB"Nesse momento difícil que o país enfrenta é preciso buscar com muita criatividade parcerias para a retomada do crescimento. Nós temos uma agência que atende empresas que querem se instalar no Ceará, para a geração de empregos. Com esse Termo de Cooperação, elas têm a garantia dos recursos, financiamento com mais agilidade e menos burocracia. Quero agradecer à Fiec e ao Banco do Brasil pela compreensão da necessidade de darmos as mãos. É um momento para celebrar essa parceria, que eu tenho certeza que teremos ótimos frutos", disse o governador.

O Banco do Brasil vai atuar como agente nos investimentos de empresas amparadas pelos programas de incentivo da Secretaria do 170420 BANCO DO BRASIL ESTADO MG 1966 WEBDesenvolvimento Econômico (SDE) e suas vinculadas. O superintendente do banco no Ceará, Clóvis de Castro Júnior, explica que o acordo vai além da liberação dos créditos para as indústrias. "Esse valor de R$ 6,6 bilhões está disponível para cada empresa. Ou seja, de acordo com o projeto, o plano de investimento e a perspectiva de mercado que ela quer buscar, é possível que esse valor seja aumentado. O teto é ilimitado. Além disso, oferecemos soluções de eficiência operacional, digitais e tecnológicas, fluxo diferenciado no tratamento das propostas, treinamento e consultoria na área de Comércio Exterior".

Atualmente, cerca de 420 empresas são atendidas pelos programas de incentivo da SDE e vinculadas. O Governo do Ceará vai selecionar e indicar empresas com perfil para apresentar propostas de investimento, visando proporcionar maior agilidade no atendimento nos processos. 

O secretário do Desenvolvimento Econômico, César Ribeiro, disse que esse Termo de Cooperação Técnica vem em um momento bastante oportuno. "Essa semana saiu a notícia do aumento do PIB do Ceará, maior até do que o do país, num acumulado de mais de 2% nos primeiros meses do ano. Isso aquece a economia. Fatores como a assinatura do memorando de entendimento com o Porto de Roterdã, a Fraport vindo administrar o Aeroporto de Fortaleza, o Polo da Saúde no Eusébio, a ZPE, a Complexo Siderúrgico do Pecém. Com essa parceria, cria-se um movimento muito grande e condições para empresas se planejarem, terem acesso aos créditos, pois a questão do financiamento para o investimento é uma das principais dificuldades hoje".

Já a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) vai realizar a divulgação do termo e a mobilização das empresas, por meio de seus sindicatos filiados, para o estímulo e apoio de atividades exportadoras dos diversos setores industriais do Estado.

O presidente da Fiec, Beto Studart, destacou o empenho do Governo do Ceará em manter parcerias com as instituições não governamentais em busca de avanços para o Estado. "O que seria do Brasil se não fosse a agricultura bem desenvolvida? Se não fosse o Banco do Brasil, ela não teria esse espaço global que tem hoje. Nós empresários estamos juntos com o governador, focados no desenvolvimento do Estado do Ceará. É animador para mim, que acompanho o dia a dia dos nossos companheiros. E esse bom ambiente o Camilo vem conseguindo na base do diálogo, atraindo infraestrutura do exterior. É um momento especial e sei que vamos fazer a diferença daqui pra frente".

Uma comissão de acompanhamento entre as três partes será instituída para acompanhar as demandas.

 

 

20.04.2017

 

Fotos: Carlos Gibaja / Governo do Ceará

 

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Expediente imprensa 03Abr 2017-01

Última atualização em Qui, 20 de Abril de 2017 18:26
 

Serviços


Governo do Estado do Ceará - Palácio da Abolição - Av. Barão de Studart, 505 - Meireles, Fortaleza - Ce - CEP: 60.120-013 - Horário de Funcionamento 08 horas às 17 horas - Ver localização no mapa

© 2017 - Governo do Estado do Ceará. Todos os direitos reservados.