PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Operação “Consórcio Contemplado” da PC-CE resulta na captura de 14 pessoas na Capital

9 de março de 2022 - 16:35 # # # #

Ascom SSPDS

A operação “Consórcio Contemplado” da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), resultou na prisão em flagrante de 14 pessoas – Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1) de Fortaleza. Além das capturas, 11 celulares, dois notebooks e duas maquinetas foram apreendidas.

Segundo informações policiais, o grupo era formado por seis mulheres entre idade de 18 a 26 anos e oito homens de idades de 18 a 24 anos, todos sem antecedentes criminais. O coletivo é suspeito de praticar o golpe do falso consórcio, onde prometiam às pessoas contemplações em poucos dias e omitiam que se tratava de um consórcio. Eles atraíram os clientes pelas redes sociais, onde anunciavam veículos abaixo do valor de mercado.

Ainda segundo apurações policiais, as vítimas achavam que estavam adquirindo veículos de forma financiada ou que já estavam comprando cartas já contempladas, para isso, elas teriam que efetuar depósitos no valor de 10% do bem, com a promessa de receber o veículo em um prazo de sete a 30 dias. No entanto, as vítimas só eram informadas que se tratava de um consórcio quando passava da data do recebimento do veículo. Para elas requererem seu dinheiro de volta, teriam que assinar um termo de desistência onde teriam 30% do valor pago descontado.

Com o objetivo de desarticular o esquema criminoso, com base no que foi colhido e no que foi encontrado no local, o grupo de 14 pessoas foi conduzido à sede da DDF, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de estelionato, falsificação de documentos, lavagem e ocultação de bens e organização criminosa. Aparelhos celulares, notebooks e maquinetas foram apreendidos. A PC-CE segue investigando o coletivo com objetivo de identificar outros partícipes, bem como outras vítimas.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o telefone (85) 3101-2505, da DDF.

As denúncias também podem ser encaminhadas também para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.