72ª escola de educação profissional é inaugurada em Lavras da Mangabeira

12 de junho de 2011

O governador Cid Gomes entregou a população de Lavras da  Mangabeira, no Cariri, neste sábado (11), a nova escola agrícola, que passou a ser uma escola estadual de educação profissional. Após obras de reforma, ampliação e modernização, a escola dará oportunidades de capacitação no setor agrícola para os jovens de toda a Região do Cariri. A unidade estava fechada há mais de 10 anos e recebeu investimentos do Estado de aproximadamente R$ 7,5 milhões. A escola de Lavras passa a ser a 72ª escola de educação profissional inaugurada pelo Governo Estadual.
Durante a solenidade, o Governador fez questão de reafirmar que o maior desafio para o Ceara é a educação e por isso, o Governo vem adotando práticas que estão mudando o perfil do Estado. Cid Gomes também falou da importância das pessoas permanecerem nos seus locais de origem, perto de seus familiares e ressaltou que é do poder público o papel de oferecer oportunidades de desenvolvimento a população. “Esta escola, além do simbolismo, oferecerá na prática oportunidade de capacitação no setor agrícola que não é um desafio fácil. É um público que precisa de atenção e cuidado, para que eles consigam melhorar sua renda”, justifica.
Cid Gomes disse também que outras iniciativas estão dotando a população do Interior de infraestrutura suficiente para uma mudança de vida. Ele cita a universalização da energia elétrica; a universalização da água, até o fim de seu governo; a regularização fundiária de 100%, em 140 municípios; além de programas como o Garantia Safra, Distribuição de mentes, entre outros.
A secretária da Educação, Izolda Cela, lembrou que todo o planejamento pedagógico da escola será feito em parceria com a secretaria do Desenvolvimento Agrário. “A inauguração de mais uma escola só demonstra o cumprimento da determinação do governador Cid Gomes em oferecer obras como essa”, resume.    Já o senador Eunício Oliveira lembra que no total serão abertas 60 mil matrículas para educação profissional no Ceará.
Estrutura
Com capacidade para 405 alunos, a escola passou por um processo de modernização no que se refere aos equipamentos e mobiliários, além da  construção de novas áreas. A adequação visa à oferta dos cursos de aquicultura, agrimensura e agropecuária. Assim, os alunos farão o Ensino Médio enquanto se preparam para ter uma profissão numa estrutura de
qualidade.
Os estudantes que residem em outros municípios da região poderão permanecer na unidade de ensino que está localizada numa propriedade de 351 hectares. A escola conta com nove salas de aula, laboratórios de Física, Química, Matemática e Informática, auditório, biblioteca, refeitório, alojamentos para os alunos, casa dos professores, além de lavanderia coletiva. Haverá também espaço para colocar em prática as atividades ligadas à agricultura, pesca e pecuária, como aprisco, pocilga, unidade leiteira, casa do mel, aviário, estábulo, curral bovino, galpão de marcenaria, açudes, entre outros.
A inauguração foi prestigiada pelos secretários Ivo Gomes (Chefe do Gabinete do Governador), Nelson Martins (Desenvolvimento Agrário), Mauro Filho (Fazenda), além de prefeitos e vereadores da região.
12.06.2011
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 3466. 4898)