Interação família-escola é tema de Seminário Internacional de Mobilização Social

11 de outubro de 2011

Conscientizar e mobilizar as escolas e famílias para que todos compreendam o quanto tem a ganhar com a interação. Estas e outras questões estarão em debate durante o 1º Seminário Internacional de Mobilização Social pela Educação Interação Família – Escola – Comunidade, nos dias 12, 13 e 14 de outubro, no La Maison Buffett. O evento contará com um total de 500 participantes, entre gestores e técnicos do Ministério da Educação, das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação e representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) de todo o País. Trata-se de uma iniciativa do MEC  com a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), em parceria com a Fundação ItaúSocial. A abertura será nesta quarta-feira (12), às 19 horas.

O Seminário vai discutir a interação entre família, escola e comunidade e como ela está ocorrendo no Brasil e em outros países. Contará com a participação de palestrantes nacionais e internacionais, entre eles, Bernardo Toro (Filósofo e educador colombiano),  Heather Weiss (diretora do Harvard Family Research Project), Bernardo Nieto (especialista em mobilização e reformas educacionais Colômbia), Marcio Simeone Henriques (professor do programa de pós-graduação em comunicação social FAFICH/UFMG, especialista em  comunicação e mobilização social), Rafael Gioielli (gerente de pesquisa e desenvolvimento do Instituto Votorantim) e Marco Antonio Castillo (Associação Grupo Ceiba  – Guatemala).

Na abertura do evento que contará com as presenças de diversas autoridades locais e nacionais,  o secretário executivo do Ministério da Educação (MEC), Francisco das Chagas, fará palestra sobre o Plano Nacional de Educação. Constam ainda da programação do evento, painéis com experiências desenvolvidas por secretarias de educação, comitês de mobilização e empresas em diversas regiões do País que trabalham educação, mobilização social, escola e família como temas preponderantes.

Mobilização Social pela Interação Família-Escola-Comunidade

Estudos e pesquisas sobre a importância dessa interação mostram que o envolvimento das famílias na educação de seus filhos e dependentes tem trazido uma série de benefícios para os estudantes, como a melhoria na capacidade de leitura, níveis mais altos de desempenho, maiores habilidades sociais e comportamentais e o aumento da probabilidade de conclusão do ensino médio. No Brasil, a mobilização social pela educação, visando promover esse engajamento, foi incluída como um dos pilares do Plano de Desenvolvimento da Educação, lançado pelo MEC, em 2007. Desde então, uma bem sucedida aproximação do MEC com entidades religiosas, empresas, organizações não governamentais, entre outros, possibilitou a criação e implementação do Plano de Mobilização Social pela Educação.

Serviço: 1º Seminário Internacional de Mobilização Social pela Educação Interação
Família – Escola – Comunidade
Abertura:  12/10 –  19 horas
Datas: 13 e 14 de outubro de 2011 – das 9 às 18 horas
Local:  La Maison Buffett – Av. Engenheiro Luiz Vieira, 555 – Papicu – Fortaleza.

11.10.2011

Assessoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante ( jacquelinec@seduc.ce.gov.br / 85 3101.3972)