Campanha da Fraternidade: Sejus promove ações preparatórias sobre o tráfico de pessoas

19 de fevereiro de 2014

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará, por meio do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP), tem trabalhado nos preparativos para a Campanha da Fraternidade 2014, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Com o tema Fraternidade e Tráfico Humano, a campanha tem como objetivo identificar práticas de tráfico humano em suas várias formas, mobilizando a sociedade em prol da luta.

 

Técnicas da Secretaria da Justiça têm ido às igrejas, paróquias e associações para abordar a temática. Na noite da última segunda-feira (17), idosos e jovens da escola da Paróquia da Paz participaram de uma atividade em referência à Campanha da Fraternidade na própria paróquia com um público de 100 pessoas. Na tarde do último sábado, 15 de fevereiro, 55 crianças e adolescentes de 7 a 14 anos de idade, que fazem parte da Escola de Formação e Animação Missionária (EFAM), assistiram a uma palestra na Arquidiocese de Fortaleza.

 

O Governo do Estado do Ceará tem trabalhado no enfrentamento do tráfico de pessoas através de dois organismos: o Posto Avançado de Atendimento Humanizado ao Migrante (PAAHM) e o Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (NETP). Enquanto o posto é uma porta de acolhimento com atendimento humanizado, o Núcleo tem articulado ações de prevenção, atenção às vítimas e repressão em todo Estado.

 

O Ceará atua em três eixos, prevenção, repressão e assistências às vítimas, sendo a prevenção ao crime o principal deles. A Sejus ministra oficinas para a rede de atendimento e para a sociedade de um modo geral com intuito de formar multiplicadores sobre o tema e alertar as formas de aliciamento. Realizamos ainda ações preventivas com as profissionais do sexo, ministrando palestras sobre o crime, mostrando como acontece e como é feito o aliciamento, damos dicas de prevenção, fazemos o recebimento de denúncia e o acolhimento inicial da vítima, encaminhando à rede de atendimento e monitoramento do caso.

 

Outras capacitações – Nos dias 19 e 20 de fevereiro, o NETP promoverá oficinas na Associação Maria Mãe da Vida para mulheres em situação de vulnerabilidade. O público, que tem faixa etária a partir dos 11 anos, é  proveniente das áreas atendidas pelo Projeto Crescendo a Vida.

 

Além disso, o NETP continua trabalhando nas ações de capacitação do projeto Copa Mais, realizado a partir de uma parceria entre a Secretaria Especial da Copa e a Universidade de Fortaleza.  Nesta terça-feira, 18 de fevereiro, técnicos conversam com as turmas do projeto sobre o trabalho de prevenção e enfrentamento ao tráfico de pessoas durante o período da realização dos jogos da Copa do Mundo Fifa 2014 em Fortaleza.

 

A partir de uma articulação com a Secopa, a Sejus está inserindo a temática do tráfico de pessoas nos programas de capacitação para a Copa do Mundo 2014. Além de apresentar a atuação da Secretaria da Justiça e Cidadania na questão, os técnicos explicam as causas, as formas de prevenção e os canais de denúncia para enfrentar o problema do tráfico de pessoas. A campanha Coração Azul, que a Sejus aderiu em setembro de 2013, também é apresentada aos alunos.

 

DENUNCIE – Falsas promessas de melhores condições de vida no exterior ou em outro lugar do Brasil podem ser propostas que mascaram o tráfico de pessoas. Denuncie por meio do (85) 3101-2708 ou pelo site www.sejus.ce.gov.br. As denúncias podem ser realizadas anonimamente.

 

19.02.2014

 

Assessoria de Imprensa da Sejus

– (85) 3101-2862 www.sejus.ce.gov.br
email: ascom.sejus@gmail.com
twitter:@sejus_ce
facebook: sejusceara