Hemoce comemora o Dia Mundial do Hemofílico nesta sexta-feira (25)

25 de Abril de 2014

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), unidade da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), em parceria com a Associação dos Hemofílicos do Ceará (AHECE), realiza nesta sexta-feira (25), às 09 horas, no auditório do hemocentro coordenador, uma cerimônia em alusão ao Dia Mundial do Hemofílico, originalmente comemorado no dia 17 de abril.

 

Durante a cerimônia será exibido o documentário “Hemofilia – Vivendo a Liberdade”, produzido, com o apoio da equipe do hemocentro responsável pelo atendimento de pacientes com coagulopatias e dos pacientes, por Wanderson Viana, paciente do Hemoce com hemofilia A. Após a abertura, os presentes no auditório participam da Audiência Pública, um requerimento de autoria do Deputado Lula Morais, com o objetivo de debater a situação das pessoas com hemofilia no estado do Ceará. Após a solenidade, haverá a soltura de 80 balões vermelhos simbolizando a conquista da liberdade dos pacientes através do tratamento.

 

Há 30 anos o Hemoce atende a pacientes com hemofilia e outras coagulopatias hereditárias. Hoje, temos cadastrados no estado 818 pessoas com coagulopatias, dessas 430 com Hemofilia A, 47 com Hemofilia B e 341 com algum outro tipo de coagulopatia. Toda a hemorrede estadual possui atendimento para coagulopatias hereditárias. O acompanhamento é feito por uma equipe multidisciplinar composta por médicos, farmacêuticos, bioquímicos, enfermeiros, fisioterapeutas, odontólogos, assistentes Sociais e psicólogos.

 

17 de abril – Dia Mundial do Hemofílico

 

O dia 17 de abril foi escolhido para celebrar o “Dia Nacional da Hemofilia”, pois foi quando nasceu Frank Schnabel  hemofílico e fundador da federação Mundial de Hemofilia. Schnabel lutou incansavelmente pela melhoria da qualidade de vida dos hemofílicos, conseguindo ultrapassar fronteiras e conseguir vários adeptos em todo o mundo. Hoje, esse é dia é utilizado como um reforço, e para se discutir assuntos relacionados a doença e a importância de estar se investido constantemente na melhoria do tratamento dessas pessoas.

 

O que é a Hemofilia?

 

Hemofilia é uma doença genética que ocasiona sangramentos. As pessoas com hemofilia não sangram mais rápido que o normal, mas sim por mais tempo. O sangue da pessoa com hemofilia não contém os fatores VIII ou IX da coagulação em quantidade suficiente para interromper o sangramento. Esses fatores são proteínas do sangue que, junto com outros elementos controlam os sangramentos.

 

O tipo mais comum de hemofilia é a Hemofilia A. Isso significa que a pessoa não tem o Fator VIII(8) da coagulação em quantidade suficiente. O tipo menos comum é chamado de Hemofilia B, que significa que o indivíduo não tem o Fator IX(9) em quantidade suficiente. O resultado é o mesmo para hemofilia A e B, ou seja, sangramento por mais tempo que o normal.

 

Serviço:

O que: Comemoração do Dia Mundial do Hemofílico
Local: Auditório do Hemocentro Coordenador
Horário: 09 horas

 

25.04.2014

Assessoria de Imprensa da Hemoce

Luiza Dantas (imprensahemoce@gmail.com / 85 3101.2308)