Servidores da Seduc mobilizam-se na luta contra o mosquito aedes aegypti

5 de fevereiro de 2016

A Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), por meio do Programa Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), traçou um plano de combate ao mosquito aedes aegypti nas dependências da instituição e em seu entorno. A concepção do projeto inclui a capacitação e a conscientização de todos os servidores.

Assim, todas as Coordenadorias instaladas no prédio da Seduc estão recebendo a visita de membros da brigada da A3P, que apresentam o programa e dão dicas de como evitar a proliferação do agente transmissor da dengue, zika e chikungunya. Conheça as características e sintomas de cada doença.

Propagando atitudes

Logo após o período do Carnaval, a comissão da A3P terá reunião com os coordenadores da Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor), para elaborar um calendário de capacitação às brigadas de cada escola, dando sequência à multiplicação de práticas para acabar com o mosquito. Também será feito trabalho de conscientização e debate em torno do tema em todas as unidades escolares da Capital.

Na sequência, as Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede) receberão orientações para guiar suas ações no mesmo sentido, aproveitando a realização da semana pedagógica nas escolas.

Ainda nesse contexto, será elaborado um material didático específico para orientar o trabalho dos professores na abordagem da temática com os alunos, como forma de manter o assunto em evidência no âmbito escolar. Ao todo, serão distribuídos 800 cartazes e 6 mil folders para as Crede e escolas.

Os perigos das doenças transmitidas pelo mosquito foram expostos durante palestra realizada no pátio da Seduc, no dia 13 de janeiro, com a colaboração da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Na ocasião, foi apresentada uma música, composta pelo funcionário Marcelo Alves, para ajudar na sensibilização dos servidores, alertando sobre os cuidados necessários para eliminar o vetor. Em 16 de janeiro, 20 colaboradores mobilizaram-se, em mutirão, para eliminar focos do mosquito nos arredores do prédio da Seduc.

Trabalho articulado

O Governo do Ceará instituiu o Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento a dengue, chikungunya e zika, com a finalidade de propor, articular, coordenar e avaliar ações destinadas ao controle do vetor, reduzir a incidência das doenças e seus efeitos. O grupo intersetorial vai, ainda, auxiliar na pesquisa relacionada às ações de vigilância, prevenção e atenção à saúde.

No combate direto ao mosquito, estão sendo mobilizados 18 mil agentes de saúde, com a meta de fiscalizar todas as casas do Ceará, colocando telas nas caixas d’água das residências e aumentando o controle por meio da pulverização e do fumacê.

05.02.2016
 
 
Bruno Mota
Jornalista/Assessoria de Imprensa da Secretaria da Educação
bruno.mota@seduc.ce.gov.br

Caroline Avendaño
Assessora de Imprensa da Secretaria da Educação
85 3101.3972 | 98893.6983
caroline.avendano@seduc.ce.gov.br

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898