Estudantes do Vicente Pinzon realizam passeata contra o mosquito Aedes aegypti

23 de março de 2016

Para conscientizar os moradores do bairro Vicente Pinzon, em Fortaleza, sobre as formas de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e do zika vírus, 600 estudantes da Escola de Ensino Fundamental e Médio Deputado Manoel Rodrigues realizaram, na manhã desta quarta-feira (23), a caminhada “Faça você também para o nosso bem”. Gestores, professores, funcionários e familiares participaram da mobilização.

 

O evento começou às 7h30 e saiu da Escola Estadual de Educação Profissional Maria Ângela Silveira Borges, seguindo pelo entorno do bairro, com grupos de alunos vestidos de mosquitos e com panfletos e cartazes esclarecendo a população sobre como evitar as doenças causadas pelo Aedes. “Os trabalhos com os alunos e professores começaram este mês com a elaboração de cartazes, textos e apresentações. Na próxima semana, os estudantes entrevistarão moradores que já tiveram a dengue, chikungunya ou zika”, comenta o diretor da Manoel Rodrigues, Olavo dos Anjos.

 

Com o objetivo de preparar os alunos para o momento de intervenção na comunidade, eles assistiram a palestras sobre como prevenir e combater o mosquito. Eles puderam conhecer, com a colaboração da Secretaria de Saúde de Fortaleza, o ciclo biológico do Aedes e como ele se desenvolve. A educadora do Núcleo de Educação em Saúde e Mobilização Social da Prefeitura de Fortaleza, Gessiclea Alves, reforça que a população deve se conscientizar da gravidade das doenças e evitar os maus hábitos que contribuem para a proliferação do mosquito. “A caminhada serviu para reafirmar o compromisso social dos alunos, familiares e dos moradores do bairro para se mobilizar social contra o Aedes e para que eles possam ser multiplicadores dentro de casa e colaborar na formação de novos hábitos”.

 

De acordo com o coordenador da Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor), Jefferson Queiroz, em todas as escolas da rede há atividades junto às comunidades para identificar e combater os focos. “Nós esperamos que essas ações se fortaleçam e se consolidem cada vez mais e que possamos colaborar para reduzir os casos na nossa Capital e eliminar esse mosquito”, afirma.

 

Saiba mais

 

O governador Camilo Santana lançou, em dezembro de 2015, o Plano Estadual de Enfrentamento ao Mosquito Aedes aegypti, instituindo o Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento a Dengue, Chikungunya e Zika.

 

O plano prevê medidas de mobilização junto a gestores escolares, professores, alunos e familiares para atuação na erradicação dos focos do mosquito. As secretarias municipais de saúde já atuam com orientações junto à população para identificação de possíveis focos e controle do mosquito. Mas, neste momento crítico, a Secretaria da Educação convoca toda a comunidade escolar e seus familiares para contribuir enquanto cidadão com essa busca ativa, e assim, eliminar de forma contínua qualquer risco de contato com o mosquito.

 

Estão sendo realizadas ações em todas os prédios da Seduc, com foco especial nas 705 escolas sob jurisdição das 20 Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede) e na capital pela Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor).

23.03.2016

Caroline Avendaño
Assessora de Imprensa da Secretaria da Educação
85 3101.3972 | (85) 98893.6983 / carol.avendano@seduc.ce.gov.br

 

Ana Martins / Wania Caldas
Gestoras de Célula / Secretarias e Conteúdo

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898