TVC estreia dois novos programas e apresenta filmes realizados por jovens de todo o Brasil

4 de novembro de 2016

A TVC inicia o mês de novembro com novidades em sua programação. Dois programas têm estreia prevista para este mês: a coleção inédita de documentários “Tempo de Brincar” e a 1ª temporada do programa “Na’zaria”, que traz visões sobre as populações de diferentes bairros da periferia de Fortaleza. Além dos programas inéditos, a emissora irá exibir a 3ª temporada do programa TVCine Dragão, apresentando os filmes selecionados em 2015 pelo “Nóia- Festival do Audiovisual Universitário”. O Festival Nóia irá realizar sua 15ª edição em Fortaleza entre os dias 22 e 27 de novembro.

“Tempo de Brincar” é uma coleção de cinco (5) pequenos documentários sobre as formas de brincar das crianças do Ceará. A série criada pela TVC é uma realização do Governo do Estado do Ceará, em parceria com o “Programa Mais Infância Ceará”, do Gabinete da Primeira-dama e o Unicef. Produzida com apoio de instituições voltadas para a proteção à infância, como a Fundação Casa Grande (Cariri) e o Instituto Sol (Fortaleza), a série mostra brinquedos e brincadeiras da cidade, do sertão e da praia, trazendo depoimentos de pais, mães, avôs e avós, professores, brinquedistas, pedagogos, psicanalistas e psicólogos sobre as diferentes dimensões da experiência da brincadeira na infância e seus impactos sobre o desenvolvimento infantil. A série Tempo de Brincar tem estréia prevista para o dia 19 novembro e será exibida nos intervalos da programação da TVC.

De acordo com a diretora de programação da TVC, a jornalista Isabel Andrade, a série pretende estimular a sensibilidade dos adultos para cuidarem de suas crianças, respeitando, sobretudo, o direito de brincar. “Cada episódio é baseado na cartilha do Unicef do “Ceará Cresce Brincando” que traz 5 direitos fundamentais do brincar: brincar com todos, brincar o tempo todo, brincar com tudo, brincar em todo lugar e brincar criando. Cada filme explora uma dessas ideias em situações reais, mostrando como o brincar acontece em diferentes comunidades cearenses”, explica.

“Na’zaria” é uma produção realizada pela Associação “O Pequeno Nazareno” que tem como objetivo mostrar a história, os moradores, as relações de vizinhança e os laços de pertencimento de 12 comunidades da periferia de Fortaleza. Destacando exemplos de superação e transformação da realidade social , o programa pretende dar visibilidade à capacidade criativa da juventude negra e afrodescendente marcada por tantos fatores excludentes. “Na’zaria é inovadora porque lança um olhar positivo sobre as vivências das periferias de Fortaleza, destacando a capacidade de resiliência das pessoas que vivem nessas comunidades, suas conquistas, os projetos sociais e as políticas públicas existentes nesses bairros ”, explica Flor Fontenele.

O presidente da TVC, Tibico Brasil, destaca a participação direta da sociedade na produção da programação da TVC. “Quando temos o Unicef, a Fundação Pequeno Nazareno, a Fundação Casa Grande, o Instituto Sol pensando junto com a gente os conteúdos da TVC, estamos fazendo uma TV Pública de verdade porque o engajamento da sociedade é fundamental nas discussões acerca da infância, da juventude e da cultura do Ceará”.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

“TEMPO DE BRINCAR”

Identificar e valorizar a criança com o seu lugar, com a sua geografia e sua cultura, mostrando como ela fabula sobre elementos da natureza, os objetos do dia-a-dia e, assim, criar seus modos de brincar. Essa é a principal proposta da série Tempo De Brincar, que irá ao ar na TVC no dia 18 de novembro.

A série de cinco documentários, com cerca de cinco minutos cada, foi realizada em diversos territórios do Ceará. É baseada nos cinco direitos de brincar proposto pelo Unicef: Brincar com Tudo, Brincar com Todos, Brincar em Todo Lugar, Brincar o Tempo Todo e Brincar Criando.

“O projeto tem o intuito de passar uma mensagem positiva sobre a importância da afetividade, dos momentos dos pais juntos com os filhos, das famílias. De fortalecer os vínculos familiares”, destaca a Onélia Leite, primeira-dama do Estado e coordenadora do Programa Mais Infância Ceará.

Segundo Isabel Andrade, a série apresenta o brincar como fator de desenvolvimento humano, realiza uma etnografia dos brinquedos e brincadeiras do Ceará, como o futebol de vidrinho, o pião, abanda de lata, e que o afeto, o respeito, a atenção e o cuidado são os meios para o desenvolvimento humano infantil.

Tempo de Brincar foi desenvolvida por agentes sociais que militam e atuam na transformação da sociedade. O projeto mapeou e envolveu grupos e instituições que lideram processos inovadores no campo do desenvolvimento infantil para a produção de conteúdos audiovisuais que estimulam a “prática do cuidar” e a “prática do brincar”.

A série é uma realização do Governo do Estado do Ceará – através do Programa Mais Infância Ceará e TVC -, em parceria com o Fundo das Unidas para a Infância (Unicef), Fundação Casa Grande de Nova Olinda, Instituto Sol, além de outras ONGs que trabalham com o desenvolvimento infantil.

“NA’ZARIA”

Outra novidade na grade de programação da TVC é a exibição da série de documentários Na’zaria, que vai ao ar a partir do próximo dia 05 de novembro, às 14h30 horas, com reapresentação às terças e quintas às 17h. Realizado pela ONG O Pequeno Nazareno, a série de 12 documentários destaca histórias, lutas, conquistas e exemplos de transformação dos moradores de 12 bairros da capital cearense. Também será exibida em cada comunidade onde foi filmada.

“Nossa ideia com esses documentários foi fazer um contraponto às questões negativas que estigmatizam a população dessas comunidades mais carentes, onde procuramos dar destaque aos exemplos de transformação e superação desses bairros e da juventude afrodescendente. Também procuramos fazer um contraponto com os programas de televisão policialescos, que contam com apresentadores devidamente treinados a seguirem a linha editorial sangrenta sem pesquisa ou fundamentação, baseando-se no senso comum, explorando a violência, o sadismo e o discurso de ódio e preconceito de raça, cor, etnia, religião, condição socioeconômica, orientação sexual, desrespeito à presunção de inocência, entre outros.”, explica Flor Fontenele, diretora de produção do Na’zaria .

Ainda segundo ela, os 12 documentários contam com a participação do público local (adolescentes, jovens e moradores da comunidade), liderança comunitária, “que mudam a cada programa e potencializam as suas capacidades de revisitar as suas histórias, bem como a história de seus bairros e comunidades, enfatizando os agentes de transformação social e resultados”.

TVCINE DRAGÃO – NOIA (FESTIVAL AUDIOVISUAL UNIVERSITÁRIO)

Desde o final de outubro, a terceira temporada do TVCine Dragão começou a dar espaço para as produções universitárias cearenses e de outros estados. Através de uma parceria com o NOIA – Festival do Audiovisual Universitário, estão sendo apresentados curtas-metragens de jovens realizadores, selecionados da edição de 2015 do Festival. As películas são exibidas sempre às 22 horas, até o dia 19 de novembro.

Para o diretor executivo do Festival NOIA, Paulo Benevides, a parceria com a TVC é importante para a popularizar o cinema universitário. “Estamos felizes com esse apoio e a abertura que a emissora vem dando para o festival. Após 15 anos de produção dessa linguagem inteligente desenvolvida pelos estudantes brasileiros, a parceria representa um ‘trampolim’ para o atual momento do cinema universitário”, afirma.

“Vamos mostrar os olhares desses jovens estudantes sobre temas variados. O cinema universitário é um segmento interessante pois os realizadores tendem a experimentar e questionar muito o fazer cinematográfico. Então existe uma contribuição importante que também deve encontrar espaço na TV. Vai ser muito legal!”, explica a apresentadora e curadora do programa, Vanessa Cavalcante.

Confira abaixo a lista com as datas do Especial NOIA – Festival do Audiovisual Universitário

05/11 – Documentários

12/11 – Curtas sobre Experimentações Estéticas Sonoras

19/11 – Curtas sobre ‘Cinema Estranho’

Mais sobre o NOIA – Festival do Audiovisual Universitário

A 15ª edição do Festival do Audiovisual Universitário, vem acontecendo gratuitamente desde o dia 22 de outubro we prossegue até o dia 27 de novembro, na CAIXA Cultural Fortaleza. Além da tradicional mostra de curtas-metragens, a edição comemorativa de 15 anos do festival expande a programação com uma exposição que contará a história do NOIA através de uma linha do tempo, bem como resgata as mostras competitivas de fotografia e bandas universitárias cearenses, com intuito de gerar uma relação híbrida entre som e imagem que em movimento formam o audiovisual. O 15º NOIA é realizado pela PROPONO Consultoria Executiva, apoio institucional do Governo do Estado do Ceará por meio da Secretaria da Cultura (Secult-CE) e o Governo Federal do Brasil, apoio cultural da Companhia Energética do Ceará (Coelce) e parceria da Vila das Artes (Prefeitura de Fortaleza), 1Bando, VAAC e Karthaz Cultura. A programação completa pode ser acessada no site: www.festivalnoia.com.br

SERVIÇO:

Sintonize na TVC pelos canais: 5 VHS, 17 Multiplay, 17 NET, 5 Vivo.

Chamada do NA’ZARIA: https://www.youtube.com/watch?v=14888i3lO48&feature=youtu.be

 

Rodrigo Neto
Jornalista (Registro Profissional 2984/CE)
Redator do Portal TV Ceará: http://www.tvceara.ce.gov.br
85 – 9 8874.6272

Expediente imprensa 10out-01