HGF realiza programação no Dia Nacional do Doador de Córnea

12 de dezembro de 2017 # # #

Débora Morais - Assessoria de Comunicação do HGF

Em reconhecimento à importância da doação e para agradecer a solidariedade das famílias dos doadores, o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), da rede pública de Saúde do Governo do Ceará, realiza nesta quarta-feira, 13 de dezembro, Dia Nacional do Doador de Córneas, um encontro especial para os doadores e receptores. A mobilização será às 8h30, no auditório principal do HGF. O evento é realizado anualmente pelo Banco de Olhos do Hospital Geral de Fortaleza.

Até novembro deste ano, o Banco de Olhos do HGF captou 322 doações de córneas e deu suporte para 404 transplantes, sendo 19 realizados no próprio hospital. O setor foi inaugurado em 2006 e funciona de acordo com normas do Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde, garantindo os padrões técnicos e de qualidade que a complexidade dos procedimentos requer. De 2006 até dezembro de 2016, foram realizados 6.598 transplantes de córneas e 5.082 doações no Hospital Geral de Fortaleza.

Para o oftalmologista e diretor técnico do Banco de Olhos do HGF, Sisley Jean Viana, é importante as pessoas se conscientizarem sobre o ato de doar. “Realizar uma doação é um ato nobre para as pessoas que fazem, além de ser um grande benefício para quem recebe, pois a pessoa volta a enxergar. Ainda temos muito o que fazer para poder conscientizar a população sobre doação. E é importante que eles saibam que o nosso sistema é muito criterioso na distribuição e todos têm a mesma chance quando estão necessitando”, ressalta o especialista.

Banco de Olhos

No Banco de Olhos do HGF, as córneas captadas em todos os hospitais do Estado – públicos e privados – são preparadas, armazenadas e disponibilizadas para a Central de Transplantes, responsável pela fila de espera. O Banco de Olhos realiza também a distribuição das córneas aos Centros Transplantadores de Fortaleza, Sobral e Barbalha. Existem, no total, nove centros em todo o Estado. Além das córneas oriundas de hospitais, o Banco de Olhos do HGF também capta córneas de doadores que vieram a óbito em casa. Para isso, a família precisa entrar em contato com o serviço para comunicar o desejo da doação.

Todas as córneas recebidas no Banco de Olhos passam por um processo de preparo e preservação em uma solução específica de antibióticos e nutrientes que mantêm os tecidos vivos e aptos para a doação por até 14 dias. As córneas passam também por exames sorológicos (para descartar possíveis doenças infectocontagiosas) e por uma análise biomicroscópica, onde são avaliados diversos aspectos como boa vitalidade e transparência, sequelas de traumas ou procedimentos cirúrgicos, neoplasias, anormalidades congênitas ou adquiridas, cicatrizes, entre outros. Após essa criteriosa avaliação, as córneas são armazenadas em câmaras frias onde ficam submetidas a uma temperatura de 4° C até a data da cirurgia do transplante.

O Banco de Olhos do HGF funciona 24 horas e qualquer pessoa com mais de dois e menos de 70 anos de idade pode ser um doador. A doação pode ser realizada até seis horas após o óbito, caso o doador não esteja em unidade hospitalar. Em unidades hospitalares, a doação pode ser feita até 24 horas após o óbito.

Serviço

Comemoração do Dia Nacional do Doador de Córneas
Dia: 13 de dezembro de 2017 (quarta-feira)
Hora: 8h30min
Local: Hospital Geral de Fortaleza – Rua. Ávila Goulart, 900, Papicu

Programação

8h30 – Acolhimento
8h40 – Um minuto de silêncio pelo doador
8h45 – Composição da mesa
9h – Hino Nacional
9h15 – Retrospectiva do Banco de Olhos (História)
9h30 –Palestra
9h45 – Homenagem de uma família doadora
10h – Homenagem às famílias
10h15 – Agradecimento
10h30 – Apresentação musical
10h45 – Encerramento

Mais informações com o Banco de Olhos do HGF: (85) 3101-7088.