Nutricionista orienta sobre cuidados com alimentação neste fim de ano

22 de dezembro de 2017 # # #

Suzana de Araújo Mont'Alverne - Assessoria de Comunicação CIDH / IPC / Lacen =

 

O final de ano é marcado por muitas celebrações. E é também o período em que o cuidado com a dieta é deixado um pouco de lado. O Centro de Diabetes e Hipertensão (CIDH), do Governo do Ceará, reforça a importância de estar atento à alimentação e manter a prática de atividades físicas para não desestabilizar o diabetes. “É a época dos excessos, das tentações, e justamente agora que o cuidado precisa ser reforçado para evitar complicações”, explica Marília Holanda, nutricionista do CIDH.

Entender que a comida não é a principal atração das comemorações é fundamental para manter a boa alimentação. “Aproveite esse período para rever amigos e familiares, para relaxar e aproveitar a companhia das pessoas. A confraternização não deve ser com os alimentos”, aconselha Marília. Outra dica importante é a preparação. “Priorize alimentos leves durante o dia, não pule refeições e faça um pequeno lanche saudável antes do evento, para você ter mais autocontrole”, reforça.

Comuns no final do ano, e apesar de contribuírem pra saúde do coração, as castanhas e nozes são muito calóricas e devem ser consumidas com cautela. “A palavra-chave é moderação”, frisa Marília. As bebidas alcoólicas também precisam de cuidados. “Para o momento do brinde, o ideal é não consumir mais que duas taças de bebida alcoólica, que possuem um alto valor calórico”, adverte.

A alimentação balanceada e as atividades físicas são fundamentais para ter uma qualidade de vida, especialmente para quem precisa manter o diabetes controlado. A nutricionista Marília Holanda dá mais algumas dicas: