PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Programas e projetos na área da infância no Ceará são apresentados para fundações

20 de fevereiro de 2019 - 17:15 # # # # #

Vice-Governadoria - Assessoria de Comunicação
Tiago Stille - Fotos

O Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, foi tema de reunião que serviu para a consolidação de futuras parcerias

Ações na área da infância no Ceará foram apresentadas, nesta quarta-feira (20), pela vice-governadora Izolda Cela e pela primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, idealizadora do Programa Mais Infância Ceará, para representantes da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e Fundação Porticus, organização internacional. A reunião aconteceu na sede da Vice-Governadoria, e serviu para promover futuras parcerias com as instituições.

“A Fundação Maria Cecília Souto Vidigal já é nossa conhecida e tem um vasto trabalho relacionado à primeira infância. Já a Porticus tem uma atuação muito efetiva no apoio à entidades que são parceiras dos governos. Esperamos que esses laços possam se estreitar ainda mais, para que avancemos na área da infância no Ceará”, disse Izolda Cela.

Na ocasião, foram apresentadas estratégias de enfrentamento à extrema pobreza e ações do Programa Mais Infância Ceará como o Cartão Mais Infância, o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin), o Programa Nascer do Ceará, entre outros. A primeira-dama de Fortaleza, Carolina Bezerra, também explanou sobre o Programa Cresça com Seu Filho.

A primeira-dama do Estado, Onélia Santana, ressaltou sobre os esforços para o avanço no setor. “São duas fundações que possuem um olhar diferenciado para a infância. Os programas e projetos sociais que venham a desenvolver políticas públicas para a infância são sempre bem-vindos. Estamos sempre abertos ao diálogo e parcerias”, disse.

Já o diretor de conhecimento aplicado da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, Eduardo Marino, destacou o avanço do Ceará em relação às ações da infância. “Estamos em missão no Ceará para identificar as necessidades de políticas de primeira infância e oportunidades de uma ação conjunta. Saio daqui muito animado porque vi que aqui existem muitas ações, e que nós podemos contribuir, em alguma medida, para estruturar algum projeto com o Ceará e com o município de Fortaleza”, explicou Eduardo, que estava acompanhado de outros representantes da entidade.

Também estiveram presentes os gerentes de programa da Porticus, Juan Esteban Belderrain e Letícia Born; a secretária da Educação do Ceará, Eliana Estrela; a titular da Secretaria Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França; o secretário-executivo de Vigilância e Regulação, Marcos Gadelha; o diretor geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), João Mário França; o secretário-executivo de Proteção Social da SPS, Francisco Ibiapina, além de técnicos das pastas.