PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Comitiva de Alagoas visita Estado para conhecer o Programa Mais Infância Ceará

16 de julho de 2019 - 17:18 # # # #

Ascom SPS

Ações inovadoras na educação infantil e o desempenho positivo na aplicação de políticas de promoção do desenvolvimento da primeira infância têm, atraído o interesse de gestores públicos de outros estados ao Ceará. Durante esta semana, uma comitiva do Governo de Alagoas visita as secretarias da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), da Saúde (Sesa) e da Educação (Seduc) para conhecer projetos e programas voltados às famílias em situação de vulnerabilidade social no Estado.

Na manhã desta terça-feira (16), técnicos em planejamento, assistentes sociais e arquitetos foram recebidos pelo secretário executivo da Proteção Social, Francisco Ibiapina, para conhecer políticas executadas pelo Mais Infância Ceará, programa idealizado pela primeira-dama do Ceará, Onélia Santana. Além do secretário, estiveram presentes assessoras do gabinete da primeira-dama, Josete Andrade e Dagmar Soares.

“O Ceará está anos luz à frente no desenvolvimento de políticas sociais, por isso é muito importante para nós conhecermos e trocarmos experiências que nos permitam avançar, sobretudo, nos projetos de atenção à primeira infância e à família”, destacou o secretário de Assistência Social de Alagoas, João Lessa.

“A realidade da infância no Ceará não é muito diferente da do Nordeste, mas já avançamos bem e, hoje, este não é mais um programa de governo, mas um programa de Estado”, destacou Dagmar Soares. Francisco Ibiapina destaca que foi apresentada toda a estruturação do programa que hoje é uma política pública consolidada. “A concepção, critérios de seleção, metodologia e os resultados mais recentes mostram falam por si. O programa é permanentemente estudado para chegar aos resultados necessários”, pontua.

Visita a projetos

Na programação do grupo, está a apresentação da estrutura do Cartão Mais Infância, programa de transferência de renda do Estado para famílias da extrema pobreza que vem contemplando 54.771 famílias cearenses em situação de extrema vulnerabilidade social e econômica; e da fábrica de sopas que integra o programa Mais Nutrição, além de visita a uma Praça Mais Infância e uma brinquedopraça.

“Foi a partir do Seminário Internacional Mais Infância, um evento de alto nível científico, promovido por vocês, que nos fizeram querer conhecer as experiências do Ceará, foi o que nos trouxe aqui”, explicou o gestor Intersetorial da 1ª Infância do governo de Alagoas, Antônio Pinaud, ao final do encontro de hoje.