PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Reunião na Vice-Governadoria discute a implantação da plataforma “Educação Livre” no Ceará

2 de agosto de 2019 - 13:56 # # # # # #

Ascom Vicegov

Reunião na Vice-Governadoria discute a implantação da plataforma “Educação Livre”

A ferramenta permite a articulação dos estudantes com empresas parceiras, facilitando a entrada dos jovens no mercado de trabalho.

A Vice-Governadoria sediou uma reunião para discutir a implantação da plataforma “Educação Livre” no Ceará. A ferramenta, desenvolvida pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), oferece conteúdos educativos voltados para o desenvolvimento pessoal de jovens que procuram oportunidades de emprego e estudo.

“Achei essa iniciativa muito interessante, que casa bem com as nossas ambições aqui no Ceará para os nossos jovens. Temos a possibilidade de implementar o Educação Livre nas nossas escolas, no sistema socioeducativo e em outras áreas”, disse a vice-governadora Izolda Cela, após a reunião realizada na tarde da quinta-feira (01).

Gestora do projeto, Jéssica Stephenson falou sobre os impactos da ferramenta entre os jovens. “É um movimento de educação transformadora. Queremos uma educação prática, aplicada, especialmente para os jovens que, por algum motivo, desistiram da educação ou estão com dificuldades para entrar no mercado de trabalho. É uma espécie de Wikipédia educacional, onde os jovens absorvem e produzem os conteúdos, contribuindo para o protagonismo social dessas pessoas”, afirmou.

Além de todos os conteúdos disponíveis, a ferramenta ainda faz a articulação dos usuários com empresas parceiras, facilitando a entrada dos jovens no mercado de trabalho.

Reunião na Vice-Governadoria discute a implantação da plataforma “Educação Livre”

“Foi uma grata surpresa pra mim ter conhecido essa ferramenta. Ela tem o poder complementar alguns programas de execuções de prevenção à violência juvenil no Estado. É algo muito versátil, que pode ser utilizado para jovens em cumprimento de medidas socioeduativas e até mesmo nas escolas”, disse o assessor executivo do Pacto por um Ceará Pacífico, Cássio Franco.

A ideia dos gestores é fazer um projeto piloto para, em seguida, avaliar as possibilidades de implantação nas diversas searas governamentais.

Entre os presentes na reunião estiveram a secretária de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos humanos (SPS), Socorro França, a secretária executiva da SPS, Lia Gomes, além da secretária da educação, Eliana Estrela.

O projeto

Educação Livre é um projeto de atuação nacional, sem fins lucrativos, que oferece educação gratuita, divertida e aplicada ao mundo real, especialmente para jovens que procuram oportunidades de trabalho e estudo.

A principal ferramenta do projeto é uma plataforma online que oferece conteúdos em habilidades como: trabalho em equipe, planejamento e organização, educação financeira, matemática, inteligência emocional etc. O jovem pode navegar pelos vídeos ou fazer trilhas de conhecimentos conectadas a processos seletivos para vagas de emprego, cursos, estágios etc. Tudo criado e organizado por voluntários: jovens, educadores e empresários.