PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Cogerh e Sohidra terão Coleta Seletiva Solidária

27 de setembro de 2019 - 16:52 # # #

Demétrio Andrade - Ascom SEMA

Depois da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), agora é a vez da Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) e da Companhia de Gestão dos Recursos Hídrico (Cogerh) assinarem com associações de catadores o Termo de Compromisso para a Coleta e Destinação de Resíduos Recicláveis, no âmbito do programa Coleta Seletiva Solidária. A solenidade ocorrerá na segunda-feira (30), às 15h30, no auditório Espaço das Águas, no Cambeba, com a presença dos titulares do respectivos órgãos e da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA), Artur Bruno, que coordena o Programa.

O Decreto Estadual 32.981, de 21 de fevereiro de 2019, assinado pelo governador Camilo Santana, determina que todos os órgãos públicos estaduais façam a coleta seletiva. Na avaliação de Artur Bruno, os catadores são grandes ambientalistas. “Eles ajudam na limpeza da cidade e ainda geram emprego e renda”, ressaltou. O titular da SEMA fez questão de recordar que a criação do programa Coleta Seletiva Solidária surgiu a partir de um catador ou catadora que durante uma reunião questionou o porquê de os órgãos estaduais não praticarem a separação dos resíduos. “As boas ideias a gente acolhe”, disse Bruno.

Saiba mais

A Política Estadual de Resíduos Sólidos do Ceará (Lei nº 16.032/2016) já prevê a coleta seletiva como forma preferencial de coleta, sendo necessário que os resíduos sejam segregados no próprio local de origem. A Coleta Seletiva Solidária foi instituída pelo Decreto Estadual 32.981, de 21 de fevereiro de 2019. Visa a criação de processos que contribuam para o correto descarte de resíduos sólidos, bem como contribuir para a implantação da coleta seletiva nos diversos órgãos da administração estadual, além de promover a inclusão social e renda para os catadores de materiais recicláveis, associados e ou cooperados.