PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

HGCC está entre dez melhores da América Latina para assistência a recém-nascidos

29 de outubro de 2019 - 15:13 # # # #

Wescley Jorge - Ascom HGCC Texto
Thiago Freitas Fotos

assistência a recém-nascidos

O ranking aponta os principais hospitais para acomodação de recém-nascidos, de acordo com os equipamentos disponíveis.

O Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), do Governo do Ceará, referência em obstetrícia e neonatologia, está entre os 10 hospitais mais bem equipados para a atenção aos recém-nascidos, de acordo com o HospiRank, ranking criado pela Global Health Intelligence (GHI), empresa líder mundial em análise de dados de saúde para a América Latina. A posição de destaque está relacionada principalmente quando considerados países como o Brasil, México, Colômbia, Argentina e Chile.

“Recebemos com alegria e senso cada vez maior de responsabilidade a notícia do posicionamento do hospital. O César Cals, com suas várias e pioneiras inciativas, vem humanizando o atendimento obstétrico aliado a um forte potencial instalado, em relação a tecnologias e novas técnicas e formas de cuidar”, enfatiza o diretor médico, Antônio de Pádua Almeida Carneiro.

Ele lembra que em 2019, o HGCC avançou com o Projeto Lean nas Emergências, reduzindo o tempo de internamento de 4,7 dias para 2,7 dias, o que permitiu ofertar mais leitos à população. Aliada à tecnologia e toda estrutura física do HGCC, as mães e recém-nascidos encontram também uma equipe especializada e preparada para oferecer todo o cuidado e atenção necessária nas mais diferentes situações.

“Esse mundo a gente só vê em filme. Eu só fui entender como era quando vim parar aqui. Começamos na UTI, fui muito bem recebida por toda a equipe. Quando passei para o médio risco, senti um pouco de medo, mas chegando lá fui muito bem atendida”, diz Hosana Erica Felix dos Santos, mãe de Maria Liz, que nasceu prematura extrema, de seis meses.

As duas estão no HGCC há pouco mais de seis meses. Atualmente a filha recebe os cuidados na Unidade Terapia Intensiva Neonatal Convencional (Ucinco). Natural de Limoeiro do Norte, Hosana participa ativamente dos cuidados da filha, que dispõe de uma estrutura montada para permitir esperança e recuperação.

“Aqui é muito bom, primeiro porque ela passou por tudo, incubadora, berço térmico. Eu fico boba com tudo que tem aqui. São excelentes, tanto os equipamentos como os profissionais. Eu não imaginava. Quando cheguei achei que era até particular, me perguntei até onde estava. Está de parabéns em ser público”, reconhece a mãe.

Equipe multiprofissional

Para a enfermeira da Neonatologia, Raquel Holanda, “existe um trabalho multiprofissional eficaz em que as pessoas são comprometidas para a assistência do paciente”. Com essa atuação e com a estrutura disponível, os resultados são os melhores.

“Atualmente, o nosso serviço dispõe de equipamentos necessários para prestar o atendimento aos recém-nascidos, mesmo nos casos mais complexos, com observação de protocolos”, explica Ana Daniele Andrade Vitoriano, chefe do Centro de Neonatalogia. A médica destaca também o bom uso dos equipamentos, a manutenção e a gestão para aproveitá-los em toda sua potencialidade.

HospiRank
Criado pela Global Health Intelligence, o Hospirank é alimentado por informações do HospiScope, banco de dados sobre hospitais da América latina, que oferece mais de 140 dados por hospital e cobre 90% das instituições médicas da região. Desde 2014, quando foi criado, o HospiScope é atualizado continuamente.

O HospiRank, que é baseado nos dados referentes à quantidade de equipamentos básicos instalados nos hospitais, lista os mais bem equipados nos mercados latino-americanos, principalmente os situados no Brasil, México, Colômbia, Argentina e Chile.