PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Bate-papo e degustação abordam Cultura Alimentar e Consciência Negra nesta terça-feira

18 de novembro de 2019 - 15:25 # # # #

Ascom - Secult - Texto e Fotos

As inscrições são gratuitas e por ordem de chegada antes do evento

A Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB), instituição da Secult gerida pelo Instituto Dragão do Mar, realiza nesta terça-feira, 19, às 10h, o Tempero de Ideias com o tema Cultura Alimentar e Consciência Negra. Vagner Rocha e Ana Paula de Iansã são os convidados.

O encontro faz referência ao Dia da Consciência Negra, uma homenagem à morte do símbolo da luta negra, Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares, em 20 de novembro de 1695. A data foi estabelecida em 2011 pela lei federal nº 12.519/2011. “A Escola por ser uma instituição que valoriza a diversidade não poderia deixar de trazer a discussão dessa data que marca a luta e o reconhecimento do movimento negro. Além disso, a nossa comida traz toda a tradição da cultura africana, dos nossos ancestrais. Esse evento é uma forma de reconhecimento e reverência à essa cultura”, afirma Selene Penaforte, superintendente da EGSIDB.

Vagner Rocha, produtor cultural, com especialização em Gestão Cultural e mestrado em Cultura e Sociedade, atualmente, faz doutorado em Estudos Étnicos e Africanos na UFBA. Há mais de 10 anos, ele estuda as relações entre comida, religião e cultura em Salvador-BA, especialmente as questões ligadas à culinária afro-baiana e às religiões de matriz africana.

Ana Paula de Iansã (Oya Murá), há 12 anos no Candomblé de nação Ketu, irá compartilhar os sabores e receitas que vem apresentando em feiras criativas e colaborativas de Fortaleza. Defensora de sua religião e cultura de matriz africana, ela tem conquistado espaço no mercado, ressaltando a grande importância e necessário respeito às religiões de matrizes africana e seus saberes na culinária.

O Tempero de Ideias é um processo formativo para iniciação e incentivo à pesquisa da cultura alimentar dentro do Laboratório de Criação em Cultura Alimentar e Gastronomia. O Laboratório promove experimentação e pesquisa de desenvolvimento de produtos gastronômicos e tecnologias sociais que valorizem a cultura alimentar cearense. O Laboratório funciona em regime de imersão, por meio de processos formativos desenvolvidos em torno das propostas previamente selecionadas e pesquisas de campo.

Sobre a Escola – Instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco (EGSIDB) é gerida pelo Instituto Dragão do Mar. O nome faz referência ao fundador do grupo M. Dias Branco, que financiou a sede doada para o Estado em uma parceria público-privada. O centro de formação oferece cursos básicos e profissionalizantes em cozinha, panificação e confeitaria, além de mentorias para desenvolvimento de produtos e pesquisas, por meio do Laboratório de Criação em Cultura Alimentar Gastronomia. Todas as atividades são gratuitas, mediante inscrições e processo seletivo. O público-alvo da escola são, preferencialmente, jovens em situação de vulnerabilidade social e adultos com ou sem experiência em gastronomia.

AGENDE-SE – Tempero de Ideias – Cultura Alimentar e Consciência Negra

Dia 19 de novembro (terça-feira), 10h, na Cozinha Show da Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco. Inscrição gratuita por ordem de chegada. Rua Manuel Dias Branco, 80 – Mucuripe, Fortaleza-CE. Mais informações: (85) 3263-9726 | (85) 3248-8091.