PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Seminário Internacional Intersetorialidade na Primeira Infância aborda caminhos percorridos pelo Ceará no setor

11 de dezembro de 2019 - 16:36 # # # # # #

Bruno Mota - Ascom-Seduc Texto
Tiago Stille Fotos

A união de vários agentes em torno do mesmo objetivo, de aperfeiçoar as políticas públicas voltadas para as crianças, motivou a realização do Seminário Internacional Intersetorialidade pela Primeira Infância. O evento ocorre durante esta quarta-feira (11), no Centro de Eventos do Ceará, propondo análises e troca de ideias acerca das medidas que vêm sendo adotadas para a área. A abertura contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, e da secretária da Educação, Eliana Estrela.

A iniciativa é promovida pela Secretaria da Educação (Seduc), por meio da Coordenação de Educação e Promoção Social, e conta com o apoio do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama, e do Observatório de Políticas Públicas da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Izolda Cela observa que o Programa Mais Infância é um indutor da intersetorialidade, ou seja, desta integração de atores em prol da melhoria da qualidade de vida das crianças. “É a articulação de todas as secretarias, instituições, municípios e parceiros que têm em alguma medida responsabilidades frente à questão da primeira infância. Aqui no Ceará estamos dando passos muito importantes no sentido de tornar a tão sonhada intersetorialidade cada vez mais uma realidade. Temos visto resultados importantes, que nos animam e nos convocam a melhorar”, considera a vice-governadora.

Onélia Santana entende como de grande importância o envolvimento do Governo do Ceará com as prefeituras municipais. “Este é um momento rico, em que compartilhamos experiências. A ciência mostra claramente o quanto é importante investir na primeira infância, para termos adolescentes e adultos mais equilibrados. É preciso tratar os mais vulneráveis com atenção especial. Isso representa o desenvolvimento do estado”, avalia a primeira-dama.

Eliana Estrela argumenta que a criança precisa ser vista como um ser completo, merecedor de cuidados por parte da sociedade. “A primeira infância é onde tudo começa. Se dermos atenção especial à infância, com certeza as crianças estarão melhor preparadas para o ingresso nas outras séries e nos ensinos fundamental, médio e superior. Por isso, esse seminário tem tanta importância”, ressalta a secretária.

O professor de Economia da Rice University (EUA), Flávio Cunha, um dos debatedores do evento, chama a atenção para a necessidade de se investir nas pessoas, a começar pelas crianças. “O desenvolvimento de longo prazo depende da formação de capital humano. O que torna sociedades prósperas é a quantidade e a qualidade de capital humano que se tem”, explica.

Participam do evento secretários municipais da educação, secretários municipais da Saúde, técnicos das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes), Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor) e formadores da educação infantil.