PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

ZPE Ceará participa de feira internacional de rochas ornamentais

10 de fevereiro de 2020 - 16:44 # # #

Luíza Dantas - Ascom ZPE Ceará - Texto

Evento é o maior da América Latina e acontece no Espírito Santo, com a participação de mais de 50 países

A Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE Ceará) participa, no período de 11 a 14 de fevereiro, da 48ª Feira Internacional do Mármore e Granito – Vitória Stone Fair 2020, que acontece no município de Serra, no Espírito Santo (ES).

Durante os três dias de evento, a ZPE Ceará, que faz parte da Companhia de Desenvolvimento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, está sendo representada pelo diretor-presidente Mário Lima e pela diretora de Operações, Andréa Freitas. Também participa da feira a gerente de Negócios Industriais de ZPE do Complexo do Pecém, Alessandra Grangeiro. Esta é a primeira vez que a ZPE Ceará participa com um estande durante o evento, que é o maior no setor de rochas ornamentais da América Latina.

Para o presidente Mário Lima, a presença cearense no evento demonstra o fortalecimento do setor no Ceará. “Este ano nós vamos começar as obras da ZPE II, que tem como prioridade a atração de empresas beneficiadoras de rochas e este evento é uma ótima oportunidade de conhecer os principais players do setor, mostrando o potencial que o Complexo do Pecém possui para atendê-los”, destaca o presidente. A equipe da ZPE Ceará estará disponível para atender os visitantes durante todo o período da feira que prossegue até sexta-feira, das 13h às 20h.

Rochas ornamentais no Pecém

Atualmente, 18 empresas já demonstram a intenção de se instalarem na ZPE II, que deve ficar pronta até o final deste ano. Através do Porto do Pecém, integrante do Complexo do Pecém e considerado um diferencial na atração de novos investimentos, já são realizadas operações com rochas ornamentais como granito, pórfiro, basalto, arenito, quartzo (exceto areias naturais), quartzitos, pedras de cantaria ou de construção (exceto de ardósia) mármores, travertinos, granitos belgas e outras pedras calcárias. Somente no ano passado, foram movimentadas 21.897 mil toneladas de rochas ornamentais pelo porto cearense.