PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Grupo de Enfrentamento Econômico recebe proposições de Câmaras Setoriais e Temáticas

8 de maio de 2020 - 19:07 # # # #

Ana Beatriz Sugette - Ascom Adece

Afetados pela crise econômica causada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), os setores produtivos cearenses representados pelas Câmaras Setoriais e Temáticas do Estado têm contribuído para o plano de retomada das atividades econômicas cearenses. Atualmente, a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) já reúne planos de proposições de cinco segmentos e outros três encontram-se em andamento.

Ainda no mês de março, um grupo de Enfrentamento Econômico formado pelos secretários executivos e técnicos da Sedet, além de presidente e técnicos da Adece foi criado com o intuito de institucionalizar as proposições de urgência dos setores. Também no mesmo período, foram fundados oito agrupamentos setoriais e temáticos de acordo com a intersetorialidade existente entre as câmaras.

Com reuniões diárias, o grupo de Enfrentamento Econômico também elaborou e veicula semanalmente boletins informativos Econômico e do Trabalho, Emprego e Renda. As publicações já estão na quinta edição e têm o intuito de informar tanto empresários quanto a classe trabalhadora.

“Desde sempre, o trabalho realizado com as Câmaras Setoriais e Temáticas é principalmente dar voz aos setores produtivos, resolver gargalos e propor soluções. No período de pandemia, é mais importante ainda ouvir quem gera riqueza no Ceará. Estamos mobilizando as câmaras para continuar recebendo proposições e enviando ao governador Camilo Santana. A ideia é que todos estejam devidamente preparados para o retorno das atividades quando isso for possível”, explica o presidente da Adece, Eduardo Neves.

Ainda de acordo com o presidente da Adece, uma das ações de estímulo à continuidade dos debates das câmaras foi a disponibilização de uma ferramenta para a realização das reuniões mensais online. “Normalmente, as câmaras se reúnem mensalmente no auditório da Adece. No atual cenário, algumas delas realizam reuniões extraordinárias, provocando encontros constantes para dar celeridade às propostas”, pontua.

Neves destaca ainda que as propostas devem subsidiar o Grupo de Trabalho Estratégico liderado pela Casa Civil e têm o titular da Sedet, Maia Junior, como ponto focal para o envio das sugestões ao governador Camilo Santana. No entanto, o presidente da Adece destaca que, embora haja um trabalho contínuo para pensar sobre o retorno gradual das atividades, a implementação será realizada somente no momento oportuno, tendo em vista os indicadores monitorados e divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa).