PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Grupo de Enfrentamento Econômico recebe proposições das Micro e Pequenas empresas

13 de maio de 2020 - 11:29 # # #

Ascom Sedet - Texto

O Grupo de Enfrentamento Econômico, criado em março deste ano com o intuito de institucionalizar as proposições de urgência dos setores produtivos devido à pandemia da Covid-19, tem recebido preposições do Fórum Estadual das Microempresas e Empresas e Pequeno Porte Ceará. Uma das proposições tratou do desenvolvimento de uma plataforma digital voltada para os pequenos negócios, viabilizando a compra do consumidor sem sair de casa.

A Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) fechou parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) para disponibilização da plataforma Fique no Lar, que une consumidores a pequenos empreendedores em meio à pandemia.

Em todo o país as Micro e Pequenas Empresas (MPE) são um dos principais motores da economia, traduzindo-se em geração de emprego e renda para a população. No Ceará existem 448.121 micro e pequenas empresas que representam 91,6% do total de empreendimentos e são responsáveis por 46,8% dos empregos com carteira assinada, o que revela a importância dos pequenos negócios. Porém o setor enfrenta um grande desafio diante da crise causada pelo novo Coronavírus, com retração do consumo, fechamento e paralisação das atividades econômicas.

Grupo de Enfrentamento

O Grupo de Enfrentamento Econômico é composto por secretários executivo e técnicos da Sedet e vinculadas. Foi criado em março deste ano com o intuito de institucionalizar as proposições de urgência dos setores produtivos devido à pandemia da Covid-19. Foram fundados dez agrupamentos setoriais e temáticos de acordo com a intersetorialidade existente entre as câmaras. O agrupamento dos Pequenos Negócios ganhou maior visibilidade a partir do Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, que teve por objetivo a elaboração de proposições capazes de contribuir para a diminuição dos impactos provocados pela pandemia do coronavírus junto às micro e pequenas empresas.

Saiba mais sobre o Fórum

No Brasil, a Lei Complementar 123, de 14 de dezembro de 2006, criou o Fórum Nacional das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte e estabeleceu as condições para a implantação dos Fóruns Estaduais em todo o País. O estado do Ceará é representado pelo Fórum Estadual das Microempresas e Empresas e Pequeno Porte no Ceará, que foi instituído por meio do Decreto Estadual Nº 30.465, de 14 de março de 2011, e tem, entre suas atribuições, a de articular e promover a regulamentação as políticas governamentais de fomento às Micro e Pequenas Empresas (MPE). O Fórum Estadual das Microempresas e Empresas e Pequeno Porte no Ceará é composto atualmente por 21 entidades.