PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Central de Ventiladores Mecânicos valida respiradores adquiridos pelo Governo do Estado

20 de maio de 2020 - 19:26 # # # #

Jackson de Moura Texto
David Tomás Fotos

Equipamento criado pelo Governo do Ceará como parte das estratégias de enfrentamento à Covid-19 e à crise da falta de respiradores, problema enfrentado em todo o mundo neste momento de pandemia, a Central de Ventiladores Mecânicos e Equipamentos Respiratórios (CVMER) validou os 200 respiradores que chegaram da China essa semana ao Estado e recebeu profissionais para testes e treinamentos nesta quarta-feira, 20.

Por mais de três horas, equipe formado por intensivistas, engenheiro clínico e técnicos analisaram as funcionalidades dos equipamentos. “Os ventiladores têm as características e funcionalidades necessárias para atender pacientes graves, que precisam suporte ventilatório 24 horas por dia”, avaliou o superintende da Escola de Saúde Pública do Ceará, Marcelo Alcantara, que coordena a CVMER.

Os respiradores chegaram da China na última segunda-feira, 18, e serão essenciais para implantação de novos leitos de UTIs para tratar pacientes com Covid-19 na capital e interior do Estado. A Secretaria da Saúde do Ceará, através do modelo de regionalização que descentraliza as ações da saúde, vai determinar as unidades que vão receber cada um dos equipamentos para garantir acesso, resolutividade e qualidade no atendimento à população.

Também foi constatada a facilidade de operar os itens. “A avaliação foi positiva em relação à usabilidade. O respirador é de fácil instalação. A comunicação das informações são claras e os profissionais de saúde não terão dificuldade de manuseá-los. A interface é amigável”, destaca o engenheiro clínico da CVMER, David Guaribara.

Participaram ainda da análise representantes da empresa transportadora dos equipamentos, equipe da Central, e fisioterapeutas que receberam treinamento acerca do uso do equipamento. Eles serão facilitadores de curso básico sobre ventilação mecânica para os profissionais de saúde que atuam na linha de frente, organizado pela ESP/CE.

“A expectativa é oferecer o treinamento na modalidade de ensino a distância para cerca de 1500 profissionais de saúde do estado do Ceará. O curso conta com vídeos instrucionais mostrando como funciona o novo ventilador mecânico para que o profissional de saúde lá da ponta consiga fazer a melhor utilização com a maior segurança e eficácia possível”, explica Marcelo Alcantara.

Curso

A primeira turma deve finalizar o curso EAD sobre ventilação mecânica básica no final do mês. A carga horária é de 16 horas-aula, dividida em três módulos que abordam o processo de ventilação mecânica e a retirada do suporte ventilatório quando ocorre a evolução do quadro de saúde do paciente.

A formação, com apoio da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), conta com vinte tutores e uma equipe de supervisores de apoio especializada em pneumologia e medicina intensiva.

O principal objetivo do curso é capacitar médicos, enfermeiros e fisioterapeutas que atuam na linha de frente da Covid-19.

CVMER

A Central de Ventiladores Mecânicos e Equipamentos Respiratórios recebe doações ou destina para consertos ventiladores mecânicos ou componentes dos equipamentos.

O conserto ocorre por meio de parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e outros órgãos voluntários.

O equipamento do Governo do Ceará tem relevância também no âmbito da gestão dos ventiladores mecânicos e foi criado para suprir uma necessidade de se ter um inventário de todos os ventiladores mecânicos existentes no estado do Ceará na rede hospitalar.

 

 

Ouça:

O superintende da Escola de Saúde Pública, Marcelo Alcantara, explica a importância do teste nos aparelhos.

O superintende da Escola de Saúde Pública, Marcelo Alcantara, fala sobre a característica dos aparelhos, recém-importados da China.