PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Porto Iracema realiza projeto virtual com os cineastas Sérgio Machado, Armando Praça e Karim Aïnouz

26 de maio de 2020 - 14:49 # # #

Ascom Porto Iracema das Artes

No novo ciclo de debates, os cineastas falarão sobe a construção e a estrutura dramatúrgica de seus longas. As lives semanais terão início no dia 29 de maio

O projeto “Anatomia do Filme”, do Porto Iracema das Artes, volta à programação da Escola com novidades. Agora, em virtude do isolamento social, será realizado no canal do YouTube da Escola. A ação, que já trouxe diretores como Paulo Caldas e Kleber Mendonça Filho para uma dissecação de suas produções, agora abre novo ciclo de análises com filmes dirigidos pelos tutores do Laboratório de Cinema: Sérgio Machado, Karim Aïnouz e Armando Praça. As três lives acontecerão semanalmente, a partir das 17h, abertas à participação do público por meio do chat da plataforma.

A primeira edição acontece no próximo dia 29 de maio e trará o diretor Sérgio Machado para analisar “Cidade Baixa” (2005), seu primeiro e premiado longa de ficção. A conversa será mediada pela roteirista Luciana Vieira. Na sexta-feira seguinte, 5 de junho, será a vez de Armando Praça dissecar o filme “Greta”, primeiro longa do diretor, com passagem por diversos circuitos e festivas. A mediação ficará por conta da roteirista Camila Chaves. A última live acontecerá no dia 11 de junho com o diretor e artista visual Karim Aïnouz, que apresentará detalhes sobre “O Céu de Suely”, uma de suas mais reconhecidas produções. O roteirista Yuri Peixoto mediará o bate-papo.

Promovido pelo Cena 15 – Centro de Narrativas Audiovisuais do Escola, a ideia do “Anatomia” é que os diretores dissequem a construção e a estrutura dramatúrgica de longas-metragens significativos em suas carreiras. As conversas serão mediadas por jovens roteiristas que também integraram o Laboratório em diferentes edições.

Sobre os diretores

Sérgio Machado

Natural de Salvador e radicado em São Paulo, seus primeiros trabalhos no cinema foram como assistente de direção nos filmes “Central do Brasil” (1998), “O Primeiro Dia” (1999) e “Abril Despedaçado (2001), todos sob direção de Walter Salles. “Cidade Baixa” (2005), seu primeiro longa de ficção, foi vencedor de 30 prêmios no Brasil e exterior.

Armando Praça

Cineasta e sociólogo, se destacou com a realização do média metragem “A Mulher Biônica”, selecionado para o Festival Internacional de Curtas-Metragens de Clermont-Ferrand e também exibido na Mostra Internacional de Cinema Latino Americano em Toulouse e em outros 20 festivais. Desde 2000 atua como diretor, roteirista, pesquisador, assistente de direção, preparador e produtor de elenco. Foi roteirista da série “Bruna Surfistinha”, em fase de finalização, produzida pela TV Zero para o canal Fox. Em 2017, dirigiu seu primeiro longa metragem, “Greta”, que entrou em circuito nacional em 2019 após passar por importantes festivais como o Festival de Cinema de Berlim.

Karim Aïnouz

Natural de Fortaleza e radicado em Berlim, é diretor de cinema e artista visual. Seu longa-metragem “Praia do Futuro” (2014) estreou mundialmente na Competição Oficial do 64° Festival de Berlim e seu primeiro longa-metragem, “Madame Satã” (2002), estreou na mostra Un Certain Regard do Festival de Cinema de Cannes. Seus longas seguintes, “O Céu de Suely” (2006) e “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo” (co-dirigido com Marcelo Gomes, 2009) estrearam no Festival de Veneza. Seu mais recente documentário, “Aeroporto Central” (2018), teve sua estreia no Festival de Berlim, onde recebeu o Prêmio Anistia Internacional. Em 2019, “A Vida Invisível” ganhou o prêmio de melhor filme da Mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes e disputou a corrida por uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

SERVIÇO

Porto Iracema realiza “Anatomia do Filme” virtual com Sérgio Machado, Armando Praça e Karim Aïnouz
Quando: 29 de maio, 05 e 11 de junho, a partir das 17h
Onde acessar: https://www.youtube.com/watch?v=8ILZj3IQttg