PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Preço do pepino tem queda de 50% no acumulado mensal

8 de julho de 2020 - 10:11 # # # # # #

Ascom Ceasa - Texto e Foto

Pepinos
O preço do pepino registrou uma queda mensal de 50% e o quilo é vendido a R$ 1 no entreposto da Ceasa em Maracanaú. Também retraíram os preços da vagem macarrão (-45,45%), de R$ 5,50 para R$ 3 o quilo e do tomate longa vida (-36,36%), de R$ 4,40 para R$ 2,80. Ainda no setor de hortaliças, o pimentão verde aumentou o preço, saindo de R$ 1,50 para R$ 2 (+33,33%); a abóbora jacaré foi de R$ 1,70 para R$ 2 (+17,65%); e a abóbora de leite passou de R$ 1,60 para R$ 1,70 (+6,25%).

No setor de frutas, caíram os preços da tangerina ponkan (-25%), passando de R$ 4 para R$ 3 da manga tommy, de R$ 3,60 para R$ 2,80 (-22,22%) e da tangerina murkot, R$ 3,40 para R$ 2,80 (-17,65%). As maiores altas do setor foram o melão japonês, de R$ 2 para R$ 2,60; da banana pacovan e prata, de R$ 2 para R$ 2,50 o quilo (25%) e do côco verde, de R$ 1 para R$ 1,50 a unidade (+20%). As informações do mercado atacadista são de Odálio Girão, analista de mercado da Ceasa/CE.

“No setor de Folha, Flor e Haste, houve queda significativa no preço da acelga, que passou de R$ 4 para R$ 2,50 o quilo (-37,5%); do couve-flor, saindo de R$ 6 para R$ 4,50 (-25%) e do repolho híbrido (-10,71%). Em alta, os preços da cebolinha e do coentro, vendidos a R$ 0,50 a unidade”, reporta o analista de mercado.

Cesta Básica

Entre os itens que compõem a cesta básica, o preço do feijão carioquinha retraiu -20% e passou de R$ 7 para R$ 5,60 o quilo, a caixa de café de 5 kg encolheu 3,85%, com o produto sendo vendido hoje à R$ 75 e o feijão preto é comercializado a R$ 5,80 (-3,33%). Altas nos preços do feijão branco, de R$ 5 para R$ 6,20 (+24%); do milho grão (+9,68%), vendido a R$ 68 o saco de 60 kg; e do feijão corda (+9,09%), de R$ 5,50 para R$ 6.

Outros itens que compõem a cesta básica registraram queda de preço, como é o caso da manteiga Betânia (-20%), de R$ 20 para R$ 25 o quilo; da carne suína (-10%), de R$ 10 para R$ 9; seguida do óleo de soja (-3,35%), passando a caixa de 20 litros custar R$ 82.Em alta, os preços do queijo coalho (+22,22%), com o quilo sendo vendido a R$ 22; do leite longa vida (+9,67%), o litro custando R$ 3,75; e do frango abatido (+9,38%), a R$ 7 o quilo.