PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

SPS distribui kits de abordagem para os 113 Creas cearenses

17 de julho de 2020 - 12:29 # # # # #

Ascom SPS - Texto e Foto

Pesquisas, ações e projetos para evitar o contágio e minimizar os efeitos e a disseminação do coronavírus continuam a ser desenvolvidos pelo Governo do Ceará, em várias frentes, em todo o Estado. Na próxima segunda-feira (20), a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SPS) fará a distribuição de mais 61 kits de abordagem às equipes dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) de 29 municípios. Outros 37 municípios já receberam o material, que será entregue aos 113 Creas do Estado.

Nessa etapa, serão atendidos os Creas das macrorregiões da Serra da Ibiapaba, Litoral Oeste e sertões de Sobral e Crateús. Os kits de abordagem reúnem equipamentos de proteção individual (EPIs), como álcool em gel, luva descartável látex, máscara em tecido, protetor facial, protetor solar, touca descartável, bolsa, camisa e garrafinha de plástico. Contém ainda material didático com jogos educativos, prancheta em MDF, tesoura sem ponta, borracha, cola, caneta e lápis.

A titular da SPS, Socorro França, observa que a pandemia pode ter como alguns efeitos o aumento das violações de direitos e estar em busca de identificar e auxiliar as vítimas dessas violações é fundamental. “Os Creas são equipamentos que buscam a resolução dessas violações e a inserção das pessoas em situação de vulnerabilidade na rede de serviços socioassistenciais. Queremos dar a eles condições para que se sintam seguros em ajudar quem tanto está precisando, nesse momento”, observa.

A coordenadora de Proteção Social Especial da SPS, Mônica Gondim, explica que o objetivo dessa ação é dar maior segurança de trabalho aos profissionais que atuam com busca ativa, em territórios com incidência de trabalho infantil, exploração sexual de crianças e adolescentes, dentre outras situações de vulnerabilidade social. “Nesse período de pandemia, o uso de EPIs é essencial para resguardar a saúde dos técnicos do Creas, bem como do público que eles visitam e atendem nas comunidades”, destaca Mônica Gondim.

A distribuição dos kits de abordagem já contemplou outros 37 Creas das macrorregiões do Cariri, Centro Sul e Sertão Central. No total, serão atendidos os 113 Creas e oito Centros Pop. Os kits são entregues aos representantes das secretarias municipais de assistência social. Esse projeto é realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).