PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Primeira no mundo, gestação em caprino com ovário artificial é produzida pela Favet/Uece

11 de agosto de 2020 - 11:28 # # # # #

Ascom Uece

A revista científica internacional Molecular Reproduction and Development publica artigo sobre pesquisa inédita feita por equipe do Laboratório de Manipulação de Oócitos e Folículos Ovarianos Pré-antrais (Lamofopa), liderado pelo professor José Ricardo de Figueiredo, da Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará (Favet/Uece).

A pesquisa intitulada First pregnancy after in vitro culture of early antral follicles in goats: positive effects of anethole on follicle development and steroidogenesis realiza a primeira gestação, do mundo, em caprinos, utilizando a tecnologia do ovário artificial, técnica que visa a preservação da sobrevivência e crescimento in vitro de óvulos fora do organismo materno.

“A tecnologia do ovário artificial tem grande importância na pesquisa básica, como conhecimento sobre os fatores que controlam a sobrevivência e desenvolvimento in vitro de folículos ovarianos, bem como, futuramente, para melhorar a multiplicação de animais domésticos, preservação de espécies ameaçadas de extinção, além do tratamento de infertilidade em humanos”, explica Ricardo Figueiredo.

Segundo explica o docente, apesar da gestação caprina não ter chegado a termo, a pesquisa representou melhorias significativas na maturação e produção in vitro de embriões a partir de óvulos crescidos também in vitro, “estes últimos extremamente mais sensíveis que aqueles crescidos in vivo, ou seja, no próprio ovário”.

A pesquisa, que resultou da tese de Doutorado da pesquisadora Naíza Sá, integrante do Lamofopa, sob orientação do professor Ricardo, foi financiada com recursos oriundos do PRONEX CNPq/FUNCAP (edital 2015) e teve a parceria com outros laboratórios, incluindo da própria Uece.

Em período anterior, graças a recursos aprovados junto a um edital RENORBIO-CNPq (2006), bem como um projeto de cooperação internacional financiado pela CAPES-FUNCAP, a equipe do Lamofopa foi a primeira, no mundo, a relatar a obtenção in vitro de oócitos maturos e embriões em estádios avançados na espécie caprina, utilizando a tecnologia do ovário artificial.

Com a combinação de esforços dos pesquisadores e parceiros, o Lamofopa se tornou o maior laboratório da América Latina relacionada à pesquisa na área do ovário artificial caprino.

Clique aqui para ler o artigo (acesso restrito)