PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Revista Cadernos ESP alcança mais de 40 mil acessos

27 de outubro de 2020 - 14:22 # # # #

Daniel Araújo - Ascom ESP

A Cadernos ESP, revista científica da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), alcançou mais de 42 mil acessos entre setembro de 2019 a outubro de 2020. A publicação tem periodicidade semestral e contribui para a divulgação de produções científicas no campo da saúde coletiva.

O editor-chefe da revista e supervisor do Centro de Investigação Científica (Cenic), Jadson Franco, ressalta que a publicação passou a seguir padrões internacionais. “Para isso tivemos de fazer toda uma revisão da nossa política editorial, credenciamento junto à Associação Brasileira de Editores Científicos, além da buscar continuamente novas bases de indexação”, afirma.

Nos últimos dois anos, a publicação conseguiu 10 novos indexadores entre bases nacionais e internacionais. A indexação é um importante indicador para medir a qualidade e o critério de toda revista de caráter científico. “Essa ação é relevante porque, à medida que nos equiparamos às revistas de padrão internacional, os próprios autores passam a se engajar mais nos trabalhos desenvolvidos na publicação”, ressalta Anderson Gomes, editor de seção da Cadernos ESP.

A equipe do Cenic atribui o crescimento dos acessos, e consequente visibilidade da revista, à quantidade de trabalhos submetidos nos últimos dois anos. Anualmente, o centro recebe cerca de 375 propostas de pesquisa das mais diversas regiões do país.

A edição temática da Cadernos ESP sobre as ações de enfrentamento à Covid-19 está entre as publicações de destaque. Dos cinco artigos mais acessados, quatro fazem parte da edição especial sobre o coronavírus. “Alguns desses artigos concentraram mais de dois mil acessos”, complementa Anderson.

Cadernos ESP

Lançada em 2005, a Cadernos ESP é editada pela ESP/CE e apresenta artigos originais, artigos de revisão, comunicações breves, entre outras seções. Os pesquisadores interessados podem enviar trabalhos em formato eletrônico, por meio do Open Journal System (OJS), sistema de acompanhamento e editoração. Clique aqui e saiba mais.