PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Secretário da SSPDS se reúne com membros do Comitê de Valorização das Mulheres da Segurança Pública

8 de dezembro de 2020 - 10:14 # # #

Ascom SSPDS

Compromisso, prioridade, acolhimento, valorização, prevenção, proteção. Estas são as principais palavras que norteiam o trabalho a ser desenvolvido pelo Comitê de Valorização das Mulheres da Segurança Pública, no âmbito da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Estes também foram os termos mais citados, durante o encontro das mulheres membros do grupo com o secretário da Segurança, Sandro Caron, nesta segunda-feira (07). A reunião foi a primeira do Comitê com o novo titular da pasta e os titulares dos órgãos vinculados.

Durante a fala de abertura, Sandro Caron frisou seu “compromisso como secretário e como cidadão” em apoiar e fortalecer as atividades desenvolvidas pelo Comitê. “De minha parte, vocês têm o total compromisso de que não vou permitir que fatos, eventualmente, desagradáveis que resultem em desrespeito às nossas profissionais de segurança femininas fiquem sem apuração. Em situações de desrespeito, de assédio, de constrangimento, vocês têm meu total compromisso em reprimir esse tipo de conduta. E qualquer situação que chegue a meu conhecimento aqui como secretário vai ser devidamente apurada”, destacou.

Para a psicóloga Bruna Gadelha, responsável pela Assessoria Biopsicossocial da SSPDS e membro do Comitê representando a Secretaria, é necessário que sejam desenvolvidas ações preventivas, com foco em potenciais vítimas e possíveis agressores. “Temos várias propostas que incidem nesse assunto, através da realização de palestras, seminários e outras ações educativas”, ressaltou.

Já a médica perita legista Ana Leopoldina, supervisora do Núcleo de Atendimento Especial a Mulher Criança e Adolescente (Namca) da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) e representante da Pefoce no Comitê, muito além de reprimir comportamentos nocivos, é preciso que haja um compromisso com a mudança de padrão de comportamento. “Se a sociedade está com essa bandeira de combate ao machismo e ao assédio, o Sistema de Segurança está seguindo essa linha também”, afirmou.

Ao final do encontro, ficou definido que o Comitê terá reuniões mensais para tratar dos casos que sejam apresentados por servidoras e discutir propostas de ações. Entre as primeiras pautas estão o estabelecimento de fluxos de trabalho e a criação de um regulamento interno.

Sobre o Comitê

Descrito como uma instância colegiada de natureza consultiva e propositiva, o Comitê vinculado à SSPDS tem como finalidade viabilizar a articulação da pasta no que tange ao reconhecimento do direito à igualdade de gênero, a erradicação da discriminação e da violência contra as mulheres no exercício de sua profissão, no intuito de garantir um ambiente de trabalho saudável para as servidoras. O papel do Comitê se estende ainda a contribuir para a elaboração e a implementação de compromissos, estratégias, planos, programas e outros instrumentos, visando à promoção da igualdade de gênero dentro das instituições, além de auxiliar na divulgação e produção de materiais informativos, estudos e campanhas sobre o tema.