PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Ceará conquista 29 das 100 melhores práticas de visitas domiciliares do Brasil durante a pandemia

10 de dezembro de 2020 - 18:01 # # #

Wiarlen Ribeiro - Ascom Gabiente da Primeira-Dama Texto
Ascom Casa Civil Foto

O Ceará venceu, nesta quinta-feira (10), o “Prêmio Parentalidade: boas práticas de visitadores na pandemia”, promovido pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e a Fundação Bernard van Leer, com 29 das 100 melhores ações de profissionais que atuam em visitas domiciliares no País. A solenidade transmitida na Internet contou com a participação da vice-governadora Izolda Cela e da primeira-dama e idealizadora do Programa Mais infância Ceará, Onélia Santana, que foram convidadas pela comissão organizadora. Cada vencedor receberá a quantia de R$ 3 mil. Este é o primeiro prêmio nacional direcionado a visitadores.

“Essa é uma forma de reconhecer o trabalho desses profissionais. O Ceará tem visitas domiciliares nos 184 municípios cearenses, graças ao trabalho de cada visitador, que recebeu capacitação do Estado. Seja pelo Criança Feliz ou seja pelo Padin, o Programa Mais Infância Ceará está junto de vocês, em cada dia, em cada missão, em cada visita domiciliar, para auxiliar no desenvolvimento infantil de nossas crianças”, salienta Onélia. Com a marca de cerca de 3,6 milhões de visitas domiciliares, o Estado fortalece a ação nos municípios, com foco na primeira infância, e auxilia pais e/ou cuidadores no desenvolvimento infantil das crianças atendidas, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin) e do Programa Primeira Infância no Suas / Criança Feliz.

Para a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, o trabalho realizado pelos visitadores é fundamental no fortalecimento de vínculos afetivos. “É verdade que a arte de criar filhos se constrói na prática. Mas é verdade também que uma boa interlocução tem o seu valor. Por isso, os programas de visitas domiciliares dão essa oportunidade para os pais e cuidadores, contribuindo para o fortalecimento de vínculos familiares, além de movimentar as políticas sociais, fundamentais na superação das dificuldades, e possuir um nível de possibilidades para as famílias”, destaca.

Durante a transmissão, entre os vencedores, duas práticas cearenses foram destacadas: de Francisco Sonyanderson, de Russas, e da Antônia Rosana, de Pentecoste, ambos visitadores do Primeira Infância no Suas / Criança Feliz. O primeiro, com a prática “Tutoriais de brinquedos, o uso das mídias sociais e o fortalecimento da cultura regional (Concurso Bebê caipira)”. Já a segunda, com a prática do “Resgate de brincadeiras tradicionais e fortalecimento do vínculo parteno”.