PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Secretaria da Saúde orienta sobre como evitar aparecimento de escorpiões e o que fazer em caso de picada

10 de dezembro de 2020 - 16:21 # # # #

Suzana Mont'Alverne - Ascom Sesa - Texto
Iza Machado - Artes Gráficas

Você sabia que lugares secos e escuros são ideais para escorpiões? Por isso, é comum que os animais busquem abrigos em residências, sobretudo no período chuvoso. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) orienta a população sobre atitudes que podem prevenir o aparecimento dos bichos e o que fazer em caso de picada.

“É importante dizer que os escorpiões estão entre nós o tempo todo, mas se escondem em entulhos, esgotos, lixões, locais com pouca movimentação, que, com as chuvas, ficam impraticáveis para eles. Em busca de locais mais quentes e seguros, eles encontram nas residências lugares favoráveis”, explica Ivan Luiz, assessor técnico do GT Acidentes por Animais Peçonhentos da Sesa.

Encanamentos de esgotos, ralos de pia, janelas e fiações podem ser a porta de entrada dos aracnídeos. “A vedação de ralos é uma das providências mais eficazes para evitar que os escorpiões tenham acesso à residência pelo esgoto. Outra medida importante é manter a casa limpa para evitar também a presença de baratas, principal alimento desse animal”, explica Ivan.

O uso de telas de proteção nas janelas e a instalação de soleiras nas portas também dificultam a entrada do animal. “Durante o dia, para evitar a claridade, os escorpiões escondem-se em lugares escuros. Armários, sapatos, gavetas e até mesmo roupas nas áreas de serviço e banheiros são esconderijos”, reforça o técnico. Além disso, é importante manter móveis, cortinas e cantos de paredes sempre limpos. Para quem que tem jardim em casa, a dica é deixar a grama sempre aparada.

O que fazer em caso de picada

Arisco, o escorpião reage ao menor toque. A picada do animal frequentemente causa dor moderada ou intensa, podendo também gerar formigamentos no local da lesão. “Lavar o ferimento com água e sabão é a primeira coisa que a pessoa deve fazer e, logo em seguida, é preciso procurar imediatamente uma unidade de saúde”, reforça.

Após a limpeza do ferimento, é recomendado aplicar uma compressa de água morna na região atingida. Vale ressaltar que, ao ser picada, a pessoa não deve prender a circulação do local, aplicar substâncias como álcool e querosene, cortar, perfurar ou queimar a área da ferida, não usar curativo e evitar o consumo bebida alcoólica.

Acidentes

De acordo com o boletim de animais peçonhentos divulgado nesta quinta-feira (10) pela Sesa, o Ceará registrou 41.103 acidentes com escorpiões entre 2009 e 2020. Confira o arquivo aqui.