PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Mulher suspeita de envolvimento na morte de suíço é presa pela Polícia Civil na Capital

11 de dezembro de 2020 - 17:11 # # #

Ascom SSPDS

Uma investigação realizada pela 10ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na captura de uma mulher suspeita de envolvimento na morte de um suíço de 78 anos. A prisão foi realizada na manhã desta sexta-feira (11), no bairro Barra do Ceará, na Área Integrada de Segurança 8 (AIS 8) de Fortaleza, por força de um mandado de prisão temporária.

Conforme levantamentos policiais, um homem, identificado informalmente como Paul Albert Fah (78), natural da Suíça, foi encontrado morto, no último dia 3 deste mês, em seu apartamento localizado no bairro Papicu (AIS 10). Equipes do DHPP e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estiveram no local e realizaram os primeiros levantamentos sobre o fato. De posse das informações necessárias sobre o crime, o DHPP iniciou as diligências.

Durante o trabalho policial, Gleiciane Araújo Teixeira (22), sem antecedentes criminais, foi identificada como suspeita de ter envolvimento no delito. Ainda de acordo com as apurações, a mulher seria garota de programa e teria envolvimento amoroso com a vítima. No dia do crime, conforme apontam as apurações, a mulher esteve com Paul e subtraiu da casa dele alguns pertences dele. Na manhã de hoje (11), Gleiciane foi localizado em uma casa, na Barra do Ceará (AIS 8), e conduzida para o DHPP, onde os policiais civis cumpriram o mandado judicial pelo crime de latrocínio – roubo com resultado morte.

Agora, a Polícia Civil segue realizando diligências para capturar um segundo partícipe do crime, que já identificado. A delegacia especializada também aguarda o laudo necroscópico da Pefoce para confirmar a causa da morte.

Denúncias

A PCCE ressalta que pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3257-4807, do DHPP, que também disponibiliza o mesmo número como WhatsApp. O sigilo e o anonimato são garantidos.