PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Professor de arte e cultura divulga livro em unidade socioeducativa

7 de janeiro de 2021 - 09:29 # # #

Lígia Duarte - Ascom Seas

A ação será realizada gradativamente em todo o Estado

A história do professor de arte e cultura, Eduardo Africano, já é conhecida por alguns adolescentes que estão no sistema socioeducativo. É contando sua trajetória de vida, mostrando sua arte através das acrobacias do hip hop e letras de suas poesias que ele diariamente perpassa seu dom e conta sua vivência para quem está privado de liberdade, em seu livro intitulado “Ultrapassando as Grade e Vendo Além dos Muros”. Nesta quarta-feira (06), no Centro Socioeducativo Canindezinho, Africano iniciou a divulgação de seu livro para aqueles que segundo conta fazem parte de toda sua obra.

Na ocasião, o professor que atua na Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) fez uma roda de conversa com alguns jovens para falar um pouco mais sobre o processo de criação do livro e inspirar os jovens a acreditar em seus sonhos.

Segundo o professor: “É muito significativo para mim estar compartilhar minhas vivências, minhas experiências com os adolescentes e conseguir trazer referências para eles. Para que eles consigam tocar suas vidas e se tornar referência para outras pessoas assim como eu me tornei referência para eles. Foi muito importante esse contato porque eu me vejo neles, e eu creio que essa experiência que eles estão tendo com o livro, eles estão se vendo em mim também, porque acredito que seja uma forma de cativar a acreditar na vida deles.”

Ao final do momento os jovens agradeceram o professor e foram unânimes em dizer que a história dele era muito bonita. Além de divulgar o livro, Eduardo deixou um exemplar para ficar permanentemente na biblioteca da unidade. A perspectiva é que Africano divulgue sua obra gradativamente em todas as unidades do Estado.

A obra

O livro conta com a narrativa do Coordenador de Comunicação e Gestão da Seas, Roberto Bassan, participações especiais de Cássio Franco (ex-Superintendente da Seas), Felipe Rima, dentre tantos outros que contribuíram para essa obra literária.