PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Férias no Circo: crianças e adolescentes dos bairros Bom Jardim e Palmeiras participam de cursos e atividades recreativas

11 de janeiro de 2021 - 16:05 # # # #

Camille Soares - Ascom SPS - Texto
Ariel Gomes - Fotos

Na plateia, Pedro Marley (12) não desvia o olhar do picadeiro e dos amigos, que no palco se transformam em palhaços, mágicos e gigantes. Na colônia de férias dos circos escola Bom Jardim e Palmeiras, a criançada assiste todos os dias a um espetáculo diferente. O público, com idade entre 10 e 17 anos, participa das aulas de violão, dança, karatê, hip hop, perna de pau, contorcionismo, tecido e malabares. As atividades são promovidas pelos circos e ABC, equipamentos da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos que ofertam atividades de esporte e lazer para as crianças das comunidades onde estão inseridos. A colônia de férias iniciou no último dia 4 e segue até 28 de janeiro.

Pedro treina futsal há seis anos no ABC do Bom Jardim e aproveitou a colônia de férias para aprender perna de pau, uma das atividades circenses. “Eu gosto muito de vir para cá porque, além de encontrar meus amigos, aprendo sempre coisas novas”, conta o garoto, que já faz planos para aprender violão.

Na sala ao lado, Maria Cecília Paiva (14) aprende os primeiros acordes do violão. “Eu sempre gostei de instrumentos musicais e quando soube das aulas que aconteceriam na colônia de férias insisti para que minha mãe me inscrevesse”, explica a aluna, que frequenta o Circo Escola há um ano. “Eu acho esse trabalho muito importante para a nossa comunidade, porque além dos cursos, temos um grupo onde podemos conversar sobre os nossos medos e ansiedades e pedir ajuda sempre que precisamos”, completa Maria Cecília.

A titular da SPS, Socorro França, observa que, atentos a todos os procedimentos de prevenção ao coronavírus, os circos e ABCs retomaram os atendimentos, ofertando atividades de lazer e auxiliando no cuidado mental da comunidade. “Esse momento que estamos vivendo tem mexido com muitas questões psicológicas de todos. Nossos espaços estão ofertando alternativas responsáveis de esporte e lazer e também de escuta e acolhimento”, pontua a secretária. A secretária ressalta que todas as vagas foram preenchidas, na maioria por jovens que já utilizam os equipamentos.

A coordenadora do ABC Bom Jardim, Jenuilma de Souza, olha com orgulho para as crianças e lembra de quando ela foi aluna do ABC e do Circo. “Eu me vejo muitas vezes neles. Vejo os olhinhos brilhando e sei que foram fisgados ali pela magia do circo. Aqui, nós trabalhamos tanto no aprendizado direcionado para uma determinada área, como para uma formação cidadã e o fortalecimento de vínculos com a própria família.”, explica a coordenadora, que lembra dos cuidados adotados para que a colônia de férias pudesse acontecer este ano.

“Todos os alunos que estão participando da colônia de férias vieram após a autorização prévia dos pais. Além do uso de máscaras e álcool em gel, nós reduzimos o número de alunos para que o distanciamento pudesse ser respeitado”, conta Jenuilma. No total, são contemplados nas atividades 150 alunos de cada circo.

Inclusão Social

Em 2020, mesmo com as limitações impostas pela pandemia, 1.650 alunos foram capacitados em atividades dos ABCs e Circos Escola. Ao todo, a SPS coordena 5 ABCs e dois circos, localizados nos bairros Bom Jardim, Conjunto Palmeiras, Messejana (Cajueiro Torto), Serrinha e Mondubim. Além das atividades circenses, os equipamentos realizam atividades de convivência social, esportivas, culturais e encaminhamentos para serviços diversos; visitas domiciliares e grupos de participação, que funcionam como terapia de grupo para as crianças e adolescentes atendidos nas unidades.

“Este ano de 2020 foi desafiador para todos nós, tivemos que reinventar formas de estar perto dos nossos meninos, e percebemos que isso só seria possível através das redes sociais”, ressalta a orientadora da Célula de Programas e Projetos, da Coordenadoria de Proteção Social Básica da SPS, Verônica Maciel.

“Elaboramos vídeos educativos reforçando sobre os cuidados e prevenção da Covid 19; além de vídeos pedagógicos com temas relacionados à cidadania, direitos e também incentivando nossos alunos a fazerem as tarefas que eram propostas pelas educadoras nas aulas on-line”, conta Verônica, lembrando que os alunos também participaram de aulas virtuais de karatê, além das lives de contação de histórias e movimentos corporais”, complementa a orientadora.