PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Ceará recebe 13º lote de vacinas e aplicação da primeira dose em algumas cidades será retomada

8 de abril de 2021 - 18:00 # # # # # # # #

Fhilipe Augusto - Comunicação Institucional - Texto
Tatiana Fortes e Nivia Uchoa - Fotos

São mais 170.450 doses, sendo 91.250 desenvolvidas por Oxford/AstraZeneca e 79.200 da Coronavac/Sinovac

Pousou no Aeroporto de Fortaleza, no fim da tarde desta quinta-feira (8), mais um avião com vacinas contra a Covid-19 para o Estado. Ao todo, são 170.450 doses, sendo 91.250 do imunizante desenvolvido por Oxford/AstraZeneca e 79.200 da Coronavac/Sinovac. Esta foi a 13ª remessa que veio pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), de responsabilidade do Governo Federal, para a população cearense receber vacinas contra o Coronavírus. Com ela, o Ceará soma 1.875.550 doses recebidas.

“As equipes de logística do Governo do Estado farão a distribuição à Capital e para as 22 Áreas Descentralizadas de Saúde, que repassarão as vacinas a todos os municípios. Não temos medido esforços para garantir a vacinação dos cearenses”, publicou o governador Camilo Santana em suas redes sociais ao registrar a chegada deste lote de imunizantes.

Com a logística preparada pelo Governo do Ceará, todos os municípios cearenses receberão, em até 24 horas, suas respectivas doses. O trabalho envolve transporte aéreo, com aviões e helicópteros, e terrestre, através de carros e caminhões. São seis rotas aéreas e duas terrestres que levam os imunizantes às 22 Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS), responsáveis por articular a entrega do material junto às secretarias municipais de Saúde.

Retomada

Com essa nova remessa, vários municípios cearenses poderão retomar a vacinação dos públicos prioritários com a aplicação da primeira dose, isso porque em várias cidades a dosagem inicial havia sido suspensa por conta de terem atingido 100% do estoque reservado – tendo garantidos apenas imunizantes para a segunda aplicação.

É importante ressaltar que a dose de reforço da vacina Coronavac/Sinovac deve ser aplicada em até quatro semanas após a primeira aplicação. Já para a de Oxford/AstraZeneca esse prazo sobe para três meses.

Até as 17 horas dessa quarta-feira (7), conforme dados de transparência da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) no Vacinômetro, o Ceará já tinha aplicado 1.289.607 doses, das quais 1.020.623 referentes à primeira dosagem e 268.984 à segunda. Esse número é equivalente a 75,6% dos imunizantes recebidos nos 12 primeiros lotes, que somados totalizam 1.705.100 doses.