PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Começam as obras de pavimentação de 44 km na região de Irauçuba

14 de abril de 2021 - 12:50 # # # # # #

Jóslen Herbster - Ascom SOP - Texto e Fotos

Dois trechos rodoviários estaduais que se conectam através da BR-222, na altura do município de Irauçuba, na macrorregião de Sobral, começaram a receber intervenções de pavimentação através da Superintendência de Obras Públicas (SOP). São intervalos da CE-173, desde as imediações da sede da cidade, que promovem deslocamentos complementares. Um vai até o distrito de Juá; o outro, no sentido do litoral, passa pela localidade de Missi até Brotas, distrito do município de Miraíma. São aproximadamente 44 km, que irão beneficiar diretamente mais de 25 mil pessoas.

O primeiro trecho corresponde 25,5 km, entre Irauçuba e Brotas, passando por Missi. Representa uma melhor condição de deslocamento entre a rodovia federal e localidades de Irauçuba e Miraíma, além de alternativas para algumas regiões de Itapipoca, através da ligação com a CE-240. O segundo intervalo tem 18,3 km, vai da sede ao distrito de Juá.

A implantação de pavimento asfáltico facilita o ir e vir da população, e também favorece o desenvolvimento local. Em Irauçuba, a economia gira em torno da agricultura de subsistência. A industrialização conta com o estabelecimento de fábricas do setor calçadista. Outra referência produtiva do município é a produção de redes de dormir.

Pavimentação

Até a conclusão, a rodovia vai passar por serviços preliminares, movimento de terra, drenagem, pavimentação, bueiros, sinalização (horizontal e vertical), além de proteção ambiental. Os trabalhos tiveram início com a instalação do canteiro de obras, limpeza e execução das primeiras etapas da terraplenagem. Os serviços de pavimentação foram iniciados após a concessão de todas as licenças ambientais pelos órgãos competentes. Cada fase dos serviços de engenharia está sendo supervisionada pela SOP.

Os recursos nestas ações somam quase R$ 30 milhões, provenientes do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), através do Programa Ceará de Ponta a Ponta