PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Webconferência aborda vigilância epidemiológica e campanhas simultâneas de imunização no Ceará

19 de abril de 2021 - 10:40 # # # # # # #

Daniel Araújo - Ascom da ESP/CE - Texto
David Tomás - Arte gráfica

O Ceará realiza, atualmente, duas campanhas simultâneas: a da vacinação contra a Covid-19, iniciada em 19 de janeiro, e a contra a gripe, que teve início no último dia 12 de abril. Para refletir e partilhar informações sobre a importância desse processo de imunização e da atuação da vigilância epidemiológica no Estado, a Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), realiza, nesta terça-feira (20), a webconferência Influenza e Covid-19: Vigilância Epidemiológica e Campanhas de Vacinação no Ceará.

A live será transmitida pelo Google Meet a partir das 15h e contará com a participação da enfermeira e mestre em Saúde Pública Pâmela Linhares; do enfermeiro e doutor em Enfermagem Roberto Wagner Junior Freire de Freitas, e do consultor em Infectologia da ESP/CE, Keny Colares.

O encontro virtual tem como público-alvo os profissionais de saúde cearenses e abordará as temáticas acerca da clínica, do manejo, tratamento e cenário epidemiológico do Estado, além das campanhas contra a Influenza e Covid-19. “A ideia é que a live possa atualizar e aprimorar os conhecimentos dos profissionais envolvidos nos serviços de saúde”, afirma Nayara Jereissati, assessora técnica da Célula de Imunização da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica da Sesa.

Campanhas de imunização

A 23ª Campanha de Vacinação Contra a Influenza segue até 10 de maio e será dividida por etapas e grupos prioritários. No primeiro momento, serão vacinadas crianças a partir de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas (crianças de 6 meses a 18 anos) e trabalhadores da saúde. A imunização ocorrerá nos postos de saúde dos municípios e, em Fortaleza, também no Centro de Saúde Meireles, equipamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa).

Já em relação à Covid-19, o Ceará encontra-se nas Fases 1 e 2 de vacinação, contemplando idosos a partir de 75 anos, profissionais de saúde e forças da segurança que atuam na linha de frente no combate à pandemia e idosos com idade inferior a 75 anos, em ordem decrescente. A população cearense terá mais tempo para realizar o Cadastro Estadual de Vacinação contra a doença. Desta vez, as inscrições na plataforma não têm prazo determinado.

Neste ano, devido à simultaneidade da realização das campanhas, é necessário que a população fique atenta e respeite o intervalo de 14 dias entre as vacinas da gripe e da Covid-19.

Webconferência

Influenza e Covid-19: Vigilância Epidemiológica e Campanhas de Vacinação no Ceará
Quando: terça-feira (20)
Horário: 15h
Acesse em Google Meet