PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Respirar corretamente melhora a capacidade funcional dos pulmões e traz benefícios à saúde; confira dicas

28 de maio de 2021 - 09:56 # # # # # #

Jackson de Moura - Ascom ESP/CE - Texto
Deborah Muniz - Artes gráficas

Inspirar e expirar é um ato automático e involuntário, mas a devida atenção à prática da respiração pode ser um fator determinante para a saúde de qualquer pessoa. “O ideal é que todos possam aprender a respirar corretamente, principalmente quando estamos saudáveis. Os exercícios respiratórios ajudam na prevenção de doenças, infecções pulmonares e, principalmente, nas sequelas pós-Covid-19”, orienta Gabriel Coutinho, fisioterapeuta cardiorrespiratório do Centro de Extensão em Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

Para o especialista, é importante promover a respiração consciente, uma vez que as células corporais necessitam de oxigênio e precisam limpar o dióxido de carbono. Neste processo, chamado de hematose, os pulmões são os órgãos responsáveis pela troca gasosa.

“Quando respiramos adequadamente, melhoramos nossa ventilação pulmonar, aumentamos o volume de ar nos pulmões, mobilizamos as secreções das vias aéreas respiratórias, facilitando a hematose e, consequentemente, levando oxigênio para todo o organismo”, destaca Coutinho.

Para isso, é preciso treinar exercícios respiratórios, na inspiração pelo nariz, que é uma barreira imunológica. “Encher os pulmões, não apenas o tórax, mas também o abdômen, pois nas bases pulmonares têm muito mais alvéolos e capilares sanguíneos que irão aumentar a troca gasosa”, pondera o fisioterapeuta. “Para finalizar com a respiração, podemos fazer expiração pela boca. A respiração abdominal também ajuda no alongamento do diafragma, principal músculo da respiração”, acrescenta.

Prevenção

Quando a respiração ocorre de forma adequada, a capacidade funcional pulmonar é melhorada, o que previne complicações por doenças, como a Covid-19. “Exercícios respiratórios são preventivos e também podem ajudar durante e após o contato com o vírus. Para a Covid-19, é comum aparecer dispneia (desconforto respiratório), hipoxemia (baixa concentração de oxigênio no sangue), insuficiência respiratória, choque e insuficiência de múltiplos órgãos”, destaca.

Benefícios à saúde mental

A respiração também tem relação com o estado emocional. Desse modo, se o que sentimos reflete no ritmo respiratório, como uma respiração mais acelerada num momento de tensão, é possível também controlar inspiração e expiração para induzir a calma. “A respiração promove relaxamento muscular, melhora a concentração, diminui o estresse, ansiedade e depressão, melhora o equilíbrio, a autoestima, a imagem corporal e autoconceito”, indica.

Dicas nas redes sociais

O canal do Youtube e o perfil do Instagram da ESP/CE disponibilizam semanalmente uma série de dicas e exercícios para aprimorar a respiração. Os vídeos podem ser também acessados na busca pelo termo #VemRespirar.