PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Kits de robótica ampliarão possibilidades de aprendizagem em escolas de tempo integral

16 de junho de 2021 - 10:12 # # # # # #

Bruno Mota - Ascom Seduc - Texto

A Secretaria da Educação (Seduc) adquiriu 265 kits de robótica com o objetivo de incrementar as possibilidades de aprendizagem de estudantes em escolas de tempo integral da rede pública estadual. A ação busca fortalecer a formação técnico-profissional dos jovens, possibilitando uma preparação introdutória para o mercado de trabalho. Ao todo, serão distribuídos 135 conjuntos de equipamentos para as Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP) e outros 130 para Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI).

O kit de robótica educacional é constituído por mais de 750 peças, que permitem a realização de atividades em grupo, explorando diferentes áreas do conhecimento, como ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática. As montagens podem resultar em robôs com e sem motorização, automatizados ou não, com peças plásticas encaixáveis, que não dependem do uso de ferramentas. Todos os itens apresentam compatibilidade mecânica e eletrônica.

Kaiky Martins, de 17 anos, cursa a 2ª série na EEMTI Casimiro Leite de Oliveira, em Pacatuba, e tem planos de se tornar engenheiro mecânico. Interessado em todas as áreas do conhecimento, o jovem revela ter como disciplinas favoritas Física e Biologia. Seguindo esta inclinação, ele acredita que os kits irão instigar os estudantes a terem uma visão diferenciada a respeito da robótica.

“O fato de conseguir dar vida a algum tipo de máquina é fascinante. Olhar engrenagem por engrenagem, encaixar cada peça em seu devido lugar, ver que o projeto funcionou, isso é extraordinário. Quem nunca tentou, não sabe o que está perdendo. No século em que vivemos, ter conhecimento sobre o que você usa é bastante importante. Saber que podemos melhorar nosso aprendizado, adicionando mais uma matéria com utilidade prática no dia dia, é satisfatório para todos”, aponta Kaiky.

Expansão

Nicoly Oliveira, de 15 anos, faz a 1ª série do Ensino Médio técnico em Informática na EEEP José Maria Falcão, em Pacajus. A afinidade maior pelas disciplinas ditas de Humanas, como História e Sociologia, não impedem de também ter o desejo de aprender mais sobre o campo da tecnologia.

“Creio que vai nascer um novo mundo de ideias e de criatividade a partir desta experiência. Fiquei muito animada e feliz com a novidade de poder ter acesso à robótica. A tecnologia é algo sempre presente em nossa vida, e ter um conhecimento mais avançado sobre ela nos abrirá portas, não só no campo intelectual, mas também no profissional”, considera Nicoly.

Instruções

Em cada Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) e Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor) haverá uma formação voltada aos professores, para que conheçam melhor as possibilidades de utilização do produto e saibam explorá-las devidamente junto aos alunos. As Regionais estão organizando seus próprios cronogramas formativos.

Engrenagens, rodas, motores, sensores, cabos, bases e demais peças, além de uma unidade de controle do tipo arduino, são alguns dos artigos que compõem o kit. Além disso, o material é constituído por dois livros, sendo um direcionado aos professores, e outro aos estudantes.

No material instrutivo para os orientadores, encontra-se uma proposta de projeto didático que relaciona os kits com conteúdos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e temas transversais. Também são indicados os critérios de avaliação para aferir a aprendizagem dos alunos.

No livro para os estudantes, há instruções teóricas com o objetivo de facilitar a compreensão da robótica enquanto ferramenta para a construção do saber. Desta forma, os jovens poderão refletir sobre a relevância das habilidades relacionadas à área, entendendo a conexão entre os princípios e fundamentos desta ciência e as atividades do dia a dia, e fazendo da robótica um conhecimento para a inovação.