PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Com ajuda de cão farejador, PCCE apreende entorpecentes escondidos em pacote com brinquedo

17 de junho de 2021 - 14:56 # # # # # # #

Ascom PCCE - Texto

Em trabalho continuado visando coibir a distribuição de drogas no Ceará, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) apreendeu cerca de 196 gramas de haxixe e 150 comprimidos de ecstasy. O trabalho, que contou com a ajuda do cão farejador Shiryu, ocorreu na última segunda-feira (14), no bairro Pedras – pertencente à Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) de Fortaleza. As informações só foram divulgadas hoje (17) para não comprometer os trabalhos operacionais realizados pela especializada. Os ilícitos estavam escondidos dentro de um pacote com brinquedo para criança.

Após terem conhecimento sobre uma encomenda, que possivelmente continha substâncias ilícitas, com destino a Fortaleza, os agentes de segurança foram acionados para averiguar o material. No local, os policiais civis lotados na Delegacia de Narcóticos (Denarc), com a ajuda do cão farejador Shiryu, constataram a presença de entorpecentes nos embrulhos. Na vistoria realizada pelo cão, os policiais civis apreenderam cerca de 196 gramas de haxixe e 150 comprimidos de ecstasy. O material estava escondido dentro de uma embalagem junto com um brinquedo para criança.

Com isso, todo o material foi levado para a especializada onde um inquérito policial foi instaurado. As investigações sobre o caso continuam a fim de identificar os envolvidos na distribuição dos ilícitos no Ceará e para quem seria destinada a encomenda. As diligências continuam.

Denúncias

A Delegacia de Narcóticos (Denarc) conta com canais de comunicação direta de denúncias por meio dos quais a população pode compartilhar informações que tenha conhecimento acerca do tráfico de drogas no Ceará. As denúncias podem ser feitas para o número da Denarc: (85) 3472-1560, que é WhatsApp, por onde podem ser enviadas mensagens de texto, áudio, além de imagens e vídeos. A Denarc também está no Instagram pelo perfil @denarc_pcce.

As denúncias também podem ser feitas, por meio de ligação gratuita, para o 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O sigilo e o anonimato são garantidos.