PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Vice-governadora do Ceará é condecorada com a Distinção Honorífica, maior honraria da Casa Militar

22 de junho de 2021 - 13:34 # # # # # #

Ascom Vice-Governadoria - Texto

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, foi condecorada na manhã desta terça-feira (22) com a Distinção Honorífica, maior honraria da Casa Militar do Ceará. A comenda é concedida a personalidades ou entidades que tenham realizado feitos significantes referentes à Casa Militar, através de atos que a tenham colocado em condição de excelência. Também na ocasião, a assessora da Vice-Governadoria, Gilvana Linhares, foi homenageada com a Medalha José Moreira da Rocha.

Izolda Cela aproveitou a solenidade para destacar o papel da Casa Militar para a sociedade cearense. “É fundamental falar sobre a importância do trabalho feito pela Casa Militar. Zelando, atenta com a segurança, a integridade e possuindo cuidado não só com as pessoas, mas com as instituições que compõem o Ceará. É uma honra e também uma responsabilidade receber essa comenda”, disse.

O secretário-chefe da Casa Militar, coronel Alexandre Ávila, ressaltou os serviços prestados por Izolda Cela. “Reconhecemos através desta singela honraria todo o trabalho feito pela vice-governadora para o povo cearense. Com esse símbolo, gostaríamos, de alguma forma, deixar guardado na sua memória o respeito que todos nós que fazemos a Casa Militar temos pela pessoa que a senhora é”, comentou.

Outros homenageados

Concedida de forma anual, a Distinção Honorífica conta com um seleto grupo de homenageados. Já receberam a honraria o senador Cid Gomes (em 2008), o ex-presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, o desembargador José Arísio Lopes da Costa (2012), o ex-presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (2014), o governador Camilo Santana (2015), além da primeira-dama do Estado, Onélia Santana e o empresário Júlio Ventura (2019).

Instituição histórica

Criada em 16 de outubro de 1926, por meio da Lei nº 2.419, a Casa Militar do Governo do Ceará só obteve a atual nomenclatura e foi vinculada diretamente ao Poder Executivo em novembro de 1962. A então Casa Militar da Presidência, ainda em 1927, passou a atuar com três oficiais do Regimento Policial. Um deles assumiu a função de ajudante de ordens e os outros comandavam a Guarda do Palácio.

Entre suas Missões, a Casa Militar deve garantir e zelar a integridade dos titulares do Poder Executivo e de seus familiares, além de autoridades e dignitários em visita oficial ao Estado do Ceará.