PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Cineclube 24 Quadros celebra 10 anos de atividade com mostra online especial de aniversário

24 de junho de 2021 - 13:20 # # # # # # # #

Ascom TJA


De 24 a 26 de junho, a programação irá exibir curtas seguidos de debate, além de prestar homenagens a Humberto Mauro, Alberto Cavalcanti e ao cearense Wilson Baltazar

O Cineclube 24 Quadros comemora neste semestre o 10º aniversário de muito trabalho de fomentar o cineclubismo no estado do Ceará, exibindo todas as sextas filmes gratuitamente no Centro de Fortaleza, no espaço da Vila das Artes. Em comemoração a essa trajetória, o Cineclube 24 Quadros, em parceria com o Centro Técnico de Audiovisual da Secretaria de Turismo, a Secretaria da Cultura de Fortaleza, a Biblioteca Dolor Barreira e o Theatro José de Alencar, realizará nos dias 24 a 26 de junho uma mostra especial de aniversário, sempre às 18h30, com transmissão pelo YouTube do equipamento.

As exibições irão homenagear dois gigantes da sétima arte nacional: os pioneiros no cinema do Brasil, Humberto Mauro e Alberto Cavalcanti, além de José Wilson Baltazar, cinéfilo, colunista e um frequentador assíduo desde a década de 1940 dos cinemas cearense, que nos deixou há pouco mais de um ano em decorrência da Covid-19. A mostra integra ainda a programação comemorativa dos 111 anos do Theatro José de Alencar.

Sobre o Cineclube

O Cineclube 24 Quadros iniciou suas atividades como um grupo de estudos acerca do cinema, inicialmente com alunos egressos dos cursos de Realização Audiovisual e Pontos de Corte, ambos promovidos pela Escola Pública de Audiovisual de Fortaleza, sediada na Vila das Artes.

Em maio de 2011, seus membros-fundadores remanescentes – cinco, à época – organizaram a primeira mostra do cineclube, dedicada à obra do cineasta estadunidense Michael Moore, sob curadoria de Eduardo da Silva Pereira. Desde então, sucederam-se diversas mostras dedicadas a realizadores, atores e grandes personalidades da sétima arte, bem como as inescapáveis mostras temáticas.

As sessões se davam sempre às sextas-feiras à noite, nas dependências da Escola Pública de Audiovisual de Fortaleza, e mesmo num dia e horário tão concorridos, conseguiam reunir um expressivo grupo de aficionados pelo cinema, público diverso que prestigiava as exibições e animava a vida cultural do centro da cidade, escassamente habitado no período noturno.

Ao longo desses dez anos, o Cineclube 24 Quadros manteve ininterruptamente as suas atividades, e mesmo no início do período de quarentena promoveu algumas exibições virtuais em parceria com a Vila das Artes e o coletivo Ciclo CE. A importância dessa atividade cultural de formação de (e do) público foi publicamente reconhecida com o troféu Terra Bárbara e com a seleção em dois editais públicos promovidos pela Secretaria de Cultura de Fortaleza, através do Edital de Cinema e Vídeo.

Com mais de 300 filmes exibidos e milhares de pessoas acompanhando presencialmente as exibições, esse cineclube, há uma década inscrito no calendário cultural de Fortaleza, busca um recomeço, face ao cenário desolador de um país em profunda crise, o que se reflete, evidentemente, nas atividades e produções culturais. A comemoração dos seus 10 anos traz uma promessa de maturidade e a perspectiva histórica que nos lança num necessário estado de reflexão acerca do presente e das possibilidades quanto ao futuro.

Integrantes

Eduardo da Silva Pereira
Formado em Biblioteconomia pela UFC, com curso de Cinema pelo Instituto Dragão do Mar e Escola de Audiovisual da Vila das Artes. Atualmente, é diretor da Biblioteca Municipal de Fortaleza Dolor Barreira.

Gabriel Petter da Penha
Doutorando em Educação (UFPR), tem formação em cinema e audiovisual pela Escola Pública de Audiovisual de Fortaleza. Iniciou sua atividade cineclubista na Uece e é membro-fundador do Cineclube 24 Quadros.

Gabriel Salcêdo Corrêa
Formado em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Fortaleza (Unifor), ex-aluno do Curso Princípios Básicos de Teatro (CPBT) e, desde 2018, membro do Cineclube.

Pierre de Sousa Granjeiro
Formado em História pela Universidade Federal do Ceará (UFC). É especialista na área de arte Educação e membro-fundador e atuante do Cineclube 24 Quadros desde 2011.

Programação completa

DIA 24 DE JUNHO (18h30)
Cinemeiro (2017; BRA, DIGITAL; 20 min). Direção: Gabriel Petter
Sinopse: em 1942, José Wilson Baltazar (1935-2020) entrou pela primeira vez num cinema. Desde então, a sua história se confundiu com a história da exibição cinematográfica da cidade. Sua relação com o mundo da sétima arte é o tema deste documentário.
Debatedores: Gabriel Petter e Gabriel Salcedo

DIA 25 DE JUNHO (18h30)
Alberto Cavalcanti (1970; BRA, 35mm; 18 min). Direção: Alfredo Sternheim.
Sinopse: Aspectos da vida e obra do primeiro cineasta brasileiro com projeção internacional.

A velha a fiar  (1964; BRA; 35mm; 7 min). Direção: Humberto Mauro
Sinopse: Ilustração da velha canção popular do interior do Brasil, utilizando tipos e costumes das velhas fazendas em decadência.

Carro de bois (1974; BRA; 35mm; 10 min). Direção: Humberto Mauro
Sinopse: O carro de bois ainda faz parte das paisagens de nosso sertão, numa mistura de utilidade e poesia.
Debatedores: Eduardo da Silva Pereira e Pierre Grangeiro.

DIA 26 DE JUNHO (18h30)
“Cineclube 24 Quadros: uma trajetória”
Live e debate acerca dos dez anos do Cineclube 24 Quadros e sua atuação na cena cultural de Fortaleza.

Serviço

Cineclube 24 Quadros: Mostra Especial 10 Anos
Quando: 24, 25 e 26 de junho, às 18h30
Transmissão: YouTube do TJA (https://www.youtube.com/theatrojosedealencar)