PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Enem: Assembleia autoriza Governo do Ceará a pagar inscrição de alunos que tiveram isenção negada

1 de julho de 2021 - 17:14 # # # # #

Ascom Seduc Texto
Dário Bringel - Assembleia Legislativa Foto

O Governo do Ceará vai realizar o pagamento da inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para egressos da rede pública estadual que, por conta da pandemia, não prestaram a prova em 2020 e neste ano tiveram seus pedidos de isenção indeferidos pelo Governo Federal. A medida foi autorizada pela Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (1), após apreciação do projeto de lei encaminhado pelo governador Camilo Santana com este propósito.

Serão beneficiados pelo pagamento da inscrição do Enem 2021 cerca de quatro mil estudantes. “Nós iremos garantir o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 85, para todo aluno de escola pública que teve o pedido de isenção da inscrição negado pelo Governo Federal. Incluindo todos os alunos que concluíram a 3ª série do Ensino Médio em 2020, mas que não fizeram ainda o Enem, por conta da pandemia, e precisam se inscrever. Não podemos deixar que estes jovens sejam prejudicados”, garantiu o governador, informando que o Ceará tem um histórico expressivo de alunos inscritos no Enem, entre 95 e 98%, um dos maiores índices do Brasil.

Esta é mais uma das ações do Governo do Ceará em apoio aos estudantes neste momento de pandemia. “Investir em educação é o melhor caminho para termos um estado mais justo e desenvolvido. O Ceará tem galgado nesses anos uma política meritocrática e consequentemente vem colhendo resultados na educação”, destacou o governador.

A secretária da Educação, Eliana Estrela, também reconheceu a importância dessa medida para garantir a participação dos estudantes da rede pública estadual no Enem. “Esta iniciativa do Governo do Ceará é mais um incentivo para que todos possam fazer as provas com tranquilidade e, assim, ingressar no ensino superior”, afirmou. As inscrições para o Enem 2021 seguem até 14 de julho. A prova está marcada para os dias 21 e 28 de novembro.