PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Assistência social ganha força com construção de 19 novos Cras pelo Governo do Ceará em investimento de R$ 25,8 mi

21 de julho de 2021 - 12:42 # # # # # # # #

Larissa Falcão - Ascom Casa Civil - Texto
Tiago Stille - Fotos

Novos Cras vão fortalecer as políticas e ampliar a rede de assistência social no Ceará

Mais cearenses serão beneficiados com a construção de 19 novos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), autorizada pelo governador Camilo Santana, na manhã desta quarta-feira (21). Transmitida ao vivo pelas redes sociais, a solenidade teve a presença da primeira-dama do Estado, Onélia Santana, da secretária de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Socorro França, e dos gestores dos 19 municípios contemplados.

“O Cras é a porta de entrada dos programas de assistência social que nós temos hoje no País e no Estado do Ceará. É um equipamento muito importante para acolher e cuidar das pessoas. E todos esses projetos são feitos em parcerias com os prefeitos e prefeitas”, justificou Camilo Santana.

Com investimento de R$ 25,8 milhões, a ampliação contempla 19 municípios: Aiuaba, Araripe, Caridade, Chaval, Choró, General Sampaio, Graça, Ibaretama, Ipaporanga, Jardim, Lavras da Mangabeira, Martinópole, Morrinhos, Ocara, Parambu, Quiterianópolis, Santana do Cariri, Tamboril e Uruoca. O recurso é oriundo do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares III).

De acordo com o governador, também está prevista a construção de outras cinco unidades que deverão ser implantadas nos municípios de Coreaú, Croatá, Independência, Moraújo e Pires Ferreira. Desde 2015, foram construídos 16 Cras em 11 municípios cearenses, com investimento de R$ 6.753.226,19 (Proares). Ao todo, já são 41 equipamentos entregues pelo Governo do Ceará.

Acolhimento e apoio

O Cras viabiliza toda a articulação da rede socioassistencial, oferecendo o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). As equipes recebem e orientam os cidadãos sobre os benefícios assistenciais municipais, estaduais ou federais, incluindo a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

No Ceará, além de auxiliar na execução de todos esses programas e na articulação dos beneficiários do Cartão Mais Infância, do Governo do Estado, os Cras tornaram-se pontos estratégicos no desenvolvimento de ações para apoiar as famílias cearenses na pandemia, como a distribuição dos tickets do Vale Gás Social.

Onélia Santana considerou que a ampliação fortalece as políticas e a rede que transformam o Cras em um lugar de acolhimento e apoio. “O Cras é um espaço de acolhimento, de trabalhar a família e a criança em todas as suas faixas etárias. Esse espaço é verdadeiramente democrático, e chega às famílias que estão em extrema vulnerabilidade. Quem tem acesso a esse espaço são aquelas pessoas que procuram os serviços públicos que estão bem próximos através do Cras, que tem o psicólogo, assistente social, os programas do Governo do Estado, como transferência de renda, informações, programas de convivência familiar, entre outros programas de apoio às famílias que precisam de todo esse suporte dado pelos profissionais e políticas públicas”, disse.

Para isso, os equipamentos contam com um bloco administrativo (sala de recepção e espera, atendimento, secretaria, arquivo e coordenação), área de serviços de convivência e apoio técnico, refeitório, cozinha, despensa, lavanderia, depósito, palco externo e arquibancada.

A titular da SPS partilhou que sente orgulho em fazer parte dessa iniciativa que visa dar mais dignidade e proteção às famílias cearenses. “É o único equipamento que recebe aquele que é pobre, que precisa, que pede socorro. Esse equipamento está sendo viabilizado pelo Governo do Ceará. É muito importante o que está acontecendo, e queria que isso ficasse na memória do Estado do Ceará, porque o Brasil está passando por um momento muito difícil na assistência social, mas o governador Camilo Santana não tem evitado esforços para que tudo isso possa ser viabilizado nesse Estado. É por isso que nós trabalhamos com garra e determinação”, disse.

Na ocasião, o chefe do Executivo afirmou que em breve vai anunciar uma pactuação na área de assistência social. “O Estado vai ampliar os recursos para os municípios, vai fortalecer os Cras com equipamentos e conectividade. Também numa linha de conectividade de informações, metas e premiação, vamos lançar juntamente com os prefeitos cearenses dos 184 municípios uma nova pactuação para a política de assistência no Estado do Ceará”, adiantou.