PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Alunos do Programa Jovem Aprendiz visitam a Aesp

22 de julho de 2021 - 16:12 # # # #

Ascom Aesp

Nesta quinta-feira (22), um grupo de estudantes do Programa Jovem Aprendiz do Instituto Educação, Arte e Cultura Beneficente (IEACB) visitou a Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (Aesp/CE).

Os aprendizes foram recepcionados pelo diretor de planejamento e gestão interna da Aesp, delegado Nartan Andrade; pelo coordenador de ensino, coronel BM Humberto Dias; pelo coordenador acadêmico-pedagógico, tenente-coronel PM Roberto Moura e pela orientadora da Célula de pós-graduação, delegada Cylviane Freire.

Durante a visita técnica, os jovens aprenderam sobre o funcionamento da Academia, as competências de cada órgão vinculado à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS), conforme consta na Constituição Federal, e conheceram um pouco da rotina dos alunos do Curso de Formação de delegados da Polícia Civil, que está em andamento na Aesp.

Além de conversaram com diversos profissionais de segurança pública e esclarecerem dúvidas sobre os concursos públicos para ingresso nas polícias civil e militar, Corpo de Bombeiros e Perícia Forense.

“É muito importante essa integração da segurança pública com a sociedade, para que eles conheçam mais de perto as atribuições de cada instituição da segurança pública, conheça o papel social também das polícias, e quem sabe despertar nesses jovens o interesse de futuramente integrar nossas forças policiais. Então, é uma imensa satisfação receber esses alunos aqui hoje!”, destacou o delegado Nartan Andrade.

Segundo a instrutora do IEACB, pedagoga Fabíola Moreira, esta visita faz parte do módulo sobre segurança pública do programa Jovem aprendiz, que promove a inclusão de jovens com 14 a 24 anos no mercado de trabalho, e é uma oportunidade proporcionar mais conhecimento do assunto abordado em sala de aula.

“Os alunos de hoje estão estagiando em duas indústrias, e eles passam quatro dias nesta empresa tendo aulas práticas, na verdade, exercendo a atividade prática daquele cargo e um ou dois dias na semana, eles tem aulas teóricas para agregar ainda mais valores. Então, muitos deles são rotinas administrativas e eles vão ter módulos específicos na área, mas também falamos de módulos básicos que são os módulos humanitários, do dia-a-dia, por isso que entra a segurança pública, que é muito importante nesse exato momento”, explicou a instrutora do IEACB.

A pedagoga também ressalta a importância deste momento de aproximação entre os jovens e os profissionais de segurança pública. “O mais importante disso é poder proporcionar para estes jovens a oportunidade de conhecer mais de perto a Polícia, desmitificando a imagem que eles aprendem quando estão fora e você plantar uma sementinha na cabeça desses jovens que muitas vezes ficam tão perdidos e mais feliz ainda deles quererem seguir nessa carreira militar, nessa carreira civil, na parte de polícia, de segurança”, declarou Fabíola.

A jovem Cibele Santos, de 20 anos, que é uma das integrantes do Programa Jovem Aprendiz da IEACB e estudante do Curso Técnico de Segurança do Trabalho, aprovou a visita. “Eu achei muito interessante a nossa visita hoje porque tirou muitas dúvidas que eu tinha, não apenas minhas, mas também dos meus colegas, e abriu um mundo na minha visão. Eu pensava que (segurança pública) era de uma forma e eu vi que era de outra totalmente diferente, eu amei a experiência”, afirmou a estudante, que confessou seu desejo de se tornar bombeira militar. “Eu lembro que quando o Edifício Andrea caiu, eu vi a importância do bombeiro ali e meus olhos brilharam para aquilo. É uma área que eu vejo que tem muitos riscos, mas só em você poder salvar vidas já é gratificante, e com essa visita aumentou ainda mais a minha vontade”, declarou Cibele.

Sobre o IEACB

O Instituto Educação, Arte e Cultura Beneficente (IEACB) é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, qualificada pelo governo federal, do estado e municipal para executar políticas públicas nas áreas sociais que fomentem a responsabilidade social para o bem-estar das crianças, juventude, idosos, homens e mulheres, proteção ambiental, proteção animal e ainda, através de ações diretas, situações que promovam noções empreendedoras, geração de renda, de emprego e meios afins.