PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Secretário da Infraestrutura vistoria obras do novo Centro de Manutenção do VLT e acompanha avanço nos serviços da Linha Leste

22 de julho de 2021 - 17:35 # # # # # #

Pedro Alves - Ascom Metrofor - Texto e Fotos

O Secretário da Infraestrutura do Ceará, Lucio Gomes, reservou essa quarta-feira (21) para vistoriar algumas obras que estão sendo realizadas pela pasta em Fortaleza. Acompanhado do secretário executivo de Logística Intermodal e Obras da Seinfra, André Pierre; do Coordenador de Transportes e Obras da pasta, Tiago Brasileiro; e ainda engenheiros da Secretaria e das empresas responsáveis pelos serviços, Lucio Gomes iniciou a visita na obra do novo Centro de Manutenção do VLT Parangaba-Mucuripe. O equipamento, que teve as obras iniciadas em janeiro deste ano, será localizado próximo à Estação Vila União, na Capital. Outro ponto visitado pelo Secretário e a equipe foi a obra da Linha Leste do Metrô de Fortaleza, na Estação Chico da Silva, além de um trecho dos túneis.

Durante a visita ao Centro de Manutenção, o titular da Seinfra pôde acompanhar de perto os serviços de implantação do novo equipamento, que vai dar mais agilidade e economia ao sistema operacional, permitindo reduzir, assim, o tempo de espera nas estações, entre um trem e outro.

“A implantação do Centro de Manutenção do VLT Parangaba-Mucuripe trará uma grande economia para a operação do sistema. Atualmente, a manutenção dos VLTs é feita na oficina da Linha Sul do metrô, em Vila das Flores, no município de Pacatuba. Vamos eliminar a necessidade desse deslocamento até lá, o que vai possibilitar termos mais trens disponíveis, reduzindo o headway, que é o intervalo entre um trem e outro. Além da economia de tempo, haverá também uma redução no desgaste dos equipamentos, que percorrerão por trilhos exclusivos da linha, minimizando possíveis danos”, comemora o Secretário.

Centro de Manutenção Sustentável

O Centro de Manutenção está sendo construído em um terreno de 7.071,43m² e contemplará uma oficina de manutenção; guarita; posto de abastecimento, de lavagem, bloco de apoio; além de depósito de ar comprimido e casa de máquinas.

Visando sustentabilidade e eficiência energética, o edifício contará com sistema de energia solar e utilizará máquina de lavar automatizada, capaz de reutilizar as águas das lavagens.

A implantação das obras do Centro de Manutenção prevê também um projeto de paisagismo em seu entorno, com arborização e vegetação ornamentais de fácil manutenção, sem obstruir os acessos aos equipamentos e a plena operação do empreendimento. A obra, no valor de R$ 22.041.254,94, deve ser concluída em 12 meses.

Implantação da Linha Leste

Atualmente, as obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza estão com trabalhos sendo realizados no Centro, na Aldeota e no Papicu. No total existem oito frentes de serviços no trecho.

A Linha Leste terá 7,3 quilômetros de extensão e contará com cinco estações, sendo uma de superfície (Tirol-Moura Brasil) e quatro subterrâneas (Chico da Silva Leste, Colégio Militar, Nunes Valente e Papicu). Após a conclusão das obras, cerca de 150 mil pessoas poderão utilizar o transporte para deslocamento diário. O tempo de viagem entre o Centro e o Papicu será de 15 minutos.

O empreendimento vai garantir aos usuários mais opções de deslocamento e a integração com os modais disponíveis, fazendo conexão com as Linhas Sul e Oeste, no Centro, e com o VLT Parangaba-Mucuripe e o terminal de ônibus, no Papicu.