PortugueseEnglishFrenchSpanish
PortugueseEnglishFrenchSpanish

Autoquarentena é recomendada pela Sesa para quem chega ao Ceará vindo de locais com variantes do coronavírus

26 de julho de 2021 - 11:13 # # # # # #

Ascom Sesa -Texto
Fátima Holanda - Foto

Centro de Testagem foi instalado no Aeroporto Internacional de Fortaleza neste mês

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) recomenda aos viajantes que desembarcam no Estado oriundos de locais com circulação confirmada de novas variantes do coronavírus (principalmente a variante Delta, inicialmente identificada na Índia, mas já detectada em cidades do Brasil) que cumpram autoquarentena de 14 dias em isolamento. A Sesa publicou nota técnica com as orientações aos viajantes no início de julho de 2021, no intuito de sensibilizar os turistas que visitam o Ceará neste período de férias para manterem maior atenção e rigor nas medidas sanitárias de contenção da circulação do vírus.

Desde o dia 9 de julho, a Sesa reforçou as ações de controle e enfrentamento da Covid-19 nas fronteiras do Estado, instalando um Centro de Testagem no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins. Além da aferição de temperatura corporal e triagem de sintomas realizadas pelas barreiras sanitárias, os viajantes de voos nacionais poderão ser submetidos a testes de antígeno e RT-PCR por amostragem.

Em duas semanas de funcionamento, o Centro de Testagem identificou 11 amostras positivas. Estes pacientes foram orientados a fazerem a autoquarentena e suas amostras serão enviadas ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e ao Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen) para sequenciamento genético de identificação de variante.

Na próxima semana, a pasta se reunirá com secretarias municipais de Saúde para discutir detalhes da implantação de novas barreiras e intensificação das existentes nas rodoviárias e aeroportos do Interior.